nsc
dc

Turismo

Rota do vinho e rua sinuosa: Serra de SC investe em alternativas para atrair turistas o ano todo

Algumas novidades já estarão disponíveis neste ano

03/07/2022 - 12h00 - Atualizada em: 08/07/2022 - 19h05

Compartilhe

Luana
Por Luana Amorim
Obra em Urupema é uma das apostas para atrair turistas para região
Obra em Urupema é uma das apostas para atrair turistas para região
(Foto: )

Com paisagens branquinhas e temperaturas abaixo de zero, a serra catarinense ganhou ainda mais notoriedade nos últimos anos. Isto fez com que o turismo, durante o inverno, fosse impulssionado por aqueles que buscam a região para aproveitar os dias gelados. Mas as cidades também tentam se desvencilhar do título de "turismo de inverno", com investimentos em atrações que podem ser realizadas o ano todo. 

Receba notícias do DC via Telegram

O motivo é o mesmo: aquecer a economia local. Isto porque, assim como acontece no Litoral, os comerciantes encontram na temporada de inverno a oportunidade de ampliar as vendas com a vinda dos turistas. 

— Nós precisamos de mais atrativos para que esses turistas venham o ano todo, não só por causa do frio — diz a secretária de turismo de São Joaquim, Adriana Cechinel Schlichting. 

Na cidade, de pouco mais de 27 mil habitantes, alguns projetos já estão em andamento. Entre eles a construção da rua mais sinuosa do mundo. Anunciada em abril, o projeto ainda aguarda o lançamento do processo licitatório para início das obras. 

— A ideia é transformar o nosso belvedere em uma rua sinuosa, com mais curvas que a existente nos Estados Unidos [que possui o recorde atual]. O projeto é lindo, é um atrativo a mais — complementa Adriana. 

Na rua, turistas poderão andar a pé, por meio de uma escadaria e, é claro, de carro. Além disso, contará com outros atrativos, como um mirante, cascata congelante, balanço infinito e restaurante. A previsão é de que o projeto fique pronto até o próximo ano. 

São Joaquim também tem investido em outros atrativos, como a rota dos vinhos e uma série de eventos que acontecem o ano todo. 

— Nós vemos que o turista que vem pro frio, conhece e volta. Então essa é uma questão, para que ele goste e volte também para outros períodos do ano — salienta a secretária.  

Em Urupema, rua coberta deve ser finalizada em 2022 

Outra cidade que também tem pensado em alternartivas para atrair os turistas em outras épocas do ano é Urupema. No planejamento, está a rua coberta, no Centro da cidade, que deve ser inaugurada nos próximos meses. 

O projeto, de cerca de R$ 5 milhões, segue os moldes do que já existe em Gramado, na serra gaúcha. Ele contará com restaurante, café, empório para venda de produtos, deques e cabine fotográfica próxima ao termômetro. A rua contará com captação de energia solar, mirando um turismo sustentável. 

A previsão é de que obras, que já iniciaram, sejam finalizadas até o fim do ano, segundo a prefeitura. 

— A expectativa para o inverno é muito boa, só que está muito sazonal. O que acontece é que queremos trabalhar o turismo nas quatro estações. Na pandemia, o pessoal conheceu muito a Serra e se encantou. O nosso turismo é irreversível — pontua o secretário de turismo de Urupema, Antenor Arruda. 

Leia também: 

Sensação de -17°C 'congela' turistas à espera da neve na Serra de SC

Urubici terá revitalização de R$ 11 milhões para o turismo de inverno; veja fotos

Serra Catarinense: conheça 5 cidades para visitar no inverno

Colunistas