nsc
dc

ANO DE PANDEMIA

SC registrou em 2020 o maior número de mortes em um só ano na história, diz IBGE

Mesmo com o aumento de 9,5% de vidas perdidas, o Estado teve o terceiro menor índice do Brasil

19/11/2021 - 11h51

Compartilhe

Gabriela
Por Gabriela Ferrarez
SC teve um aumento de 9,5% dos óbitos em relação a 2019
SC teve um aumento de 9,5% dos óbitos em relação a 2019
(Foto: )

Santa Catarina registrou o maior número de mortes em um só ano em 2020. Nos 12 meses marcados pelo início da pandemia no Estado e pela aceleração da Covid-19, foram cerca de 46 mil vidas perdidas, um aumento de 9,5% dos óbitos em relação a 2019. É isso que apontam dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Conforme as estatísticas do Registro Civil 2020, foram 4.019 vidas perdidas a mais em comparação com o ano anterior, em um total de 46.041 mortes no período. Ainda que alto, o aumento de Santa Catarina foi o terceiro menor do país, que teve em média um acréscimo de 15% de óbitos comparados a 2019. É a maior alta de mortes registrada no Brasil desde 1984.

Em primeiro lugar com menos mortes está o Rio Grande do Sul, com 4%. Em seguida, Minas Gerais, com 7,9%. O pior cenário foi registrado no Amazonas, com um aumento de 32% das mortes em comparação com 2019, e Pará, com 28% a mais de óbitos. Ambos os estados enfrentaram colapso nos sistemas de saúde, com pessoas morrendo em hospitais por falta de oxigênio.

De acordo com a pesquisa, a cada 100 mortes em SC, 93 foram de causas naturais, e sete de não naturais — que é quando a pessoa morre por causa externas, como acidentes, homicídios ou suicídios. Idosos com 60 anos ou mais representaram 71 a cada 100 óbitos, a faixa etária concentrou um aumento de 10,6% de vidas perdidas.

Foi o maior aumento na série histórica da pesquisa para Santa Catarina
Foi o maior aumento na série histórica da pesquisa para Santa Catarina
(Foto: )

Menos nascimentos em SC

Nasceram em Santa Catarina 97.973 bebês em 2020. O número de novos catarinenses diminiu 0,2% em relação a 2019, com 155 menos nascimentos no Estado. 

A média brasileira de nascimentos teve uma queda superior ao Estado, e registrou uma diminuição de 4,7% em comparação com o ano anterior. No entanto, o Amapá teve a baixa mais significativa, com uma redução de 15,4%. 

Menos casamentos também

O número de casamentos em Santa Catarina teve um queda significativa em 2020, cerca de 27%, em comparação com 2019. O número desse modelo de união vinha crescendo desde 2018. 

No ranking de número de matrimônias em todo Brasil, o Estado ficou em 14° lugar.

O casamento entre pessoas do mesmo sexo representou um total de 1% em comparação com o total estadual. Para essa parcela da população a redução foi mais expressiva, com 32% número de casamentos a menos. 

Leia também

Corpo enterrado em roça de SC é achado após briga de casal e crime de 2019 é desvendado

Briga de trânsito na BR-470 acaba com ataque de fúria e carro no barranco; veja o vídeo

Morador vai ao banheiro e se depara com cobra no vaso sanitário em SC

Colunistas