nsc
dc

Imunização

SC 'remove' da conta oficial 26 mil doses de vacina contra Covid consideradas aplicadas

Em balanço da vacinação de segunda-feira, 40 municípios reduziram total de vacinados. Prefeituras alegam falha em sistema ou admitem erro em contagem

25/05/2021 - 17h22 - Atualizada em: 25/05/2021 - 18h22

Compartilhe

Cristian Edel
Por Cristian Edel Weiss
Mayara
Por Mayara Vieira
Boletim oficial do Estado de segunda-feira (à direita) exibe saldo menor de duas doses já aplicadas do que o divulgado em balanço de sexta (à esquerda). Indicador foi impactado pela remoção de doses
Boletim oficial do Estado de segunda-feira (à direita) exibe saldo menor de duas doses já aplicadas do que o divulgado em balanço de sexta (à esquerda). Indicador foi impactado pela remoção de doses
(Foto: )

Consideradas como já aplicadas pelos municípios de Santa Catarina até sexta-feira, 26.002 doses de vacina contra a covid-19 foram removidas da contagem oficial do Estado. No balanço mais recente, desta segunda-feira, 24, 40 municípios apresentaram redução no total de pessoas que tomaram a primeira ou a segunda doses do imunizante. Entre as principais razões para a confusão estão falha em sistema, erro ou duplicação de casos no balanço oficial.

> Covid hoje: veja mapas e dados de mortes por covid-19 e da vacina em SC

Foram excluídas da contagem 14.253 doses referentes à primeira aplicação e 11.749 relacionadas à segunda. A inconsistência gerou um estranho saldo negativo na contagem de segundas doses no Estado. Enquanto no boletim de sexta Santa Catarina apresentava 709.597 doses 2 administradas, do atual constam 705.689 – saldo negativo de 3.908.

As discrepâncias foram identificadas pelo Monitor da Vacina, do NSC Total, que faz o acompanhamento dos dados da vacinação a partir das atualizações divulgadas pelo Estado. A remoção de doses apareceu em 40 municípios catarinenses (veja a lista completa a seguir).

Mais da metade das doses suprimidas são de Indaial, no Vale do Itajaí

Mais da metade das doses suprimidas da contagem oficial são de Indaial, no Vale do Itajaí. Foram 14.973 doses removidas, sendo 8.966 referentes à dose 1 e 6.007, à dose 2. Todos os grupos foram afetados com a remoção de ambas as doses da contagem, com exceção de indígenas e quilombolas. A maioria tem relação com trabalhadores da saúde (-3106 doses 1 e 2), idosos entre 70 e 74 anos (-2944 d1 e d2), idosos de 65 a 69 (-2693 d1 e d2) e idosos de 60 e 64 (-2.432).

Vacinação de professores e moradores de rua contra Covid-19 é antecipada em SC

A prefeitura de Indaial admitiu ter errado ao fazer o preenchimento das informações no boletim de sexta-feira e que, ao tentar corrigir, as informações que deveriam ser substituídas foram somadas. No boletim atual, portanto, as doses que apareciam em duplicidade foram excluídas.

– Teve um problema na correção de um lote de envio de dados para o Ministério da Saúde. Quando fizemos a correção e transmitimos novamente para sobrepor os dados já exportados, o sistema do Ministério criou uma nova informação e não considerou como dados de correção – justifica Edson Calson, servidor da Secretaria Municipal da Saúde de Indaial.

Trabalhadores do transporte e presos estão nos próximos grupos vacinados contra Covid em SC; veja ordem

Balneário Camboriú teve 3,4 mil doses da segunda aplicação excluídas

A segunda cidade com o maior número de remoção de doses que eram consideradas aplicadas foi Balneário Camboriú. Foram excluídas cerca de 3,4 mil doses referentes apenas à segunda aplicação da vacina. A maior parte desses dados removidos diz respeito ao grupo prioritário dos profissionais da saúde.

CPI da Covid: Moisés cutuca Jorginho após saber que será chamado para depor

A prefeitura de Balneário Camboriú informou ter enviado à Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) um relatório com dados equivocados, mas que logo depois fez a correção e reenviou o documento. No entanto, a Dive esclareceu que recebe os dados dos municípios até as 14h, o relatório foi reenviado pela prefeitura de Balneário Camboriú às 15h47min.

SC cai 6 posições entre os Estados que mais vacinaram contra covid-19

Equívoco na contagem atrapalha avanço da vacinação, diz especialista

O matemático, Krerley Oliveira, que coordena o Laboratório de Estatística e Ciência de Dados da Universidade Federal de Alagoas e acompanha os dados da vacinação contra Covid-19 no Brasil, diz que os erros no preenchimento das informações têm acontecido em todo o país. Ele reforça que o abastecimento errado de informações pode trazer consequências para o próprio público vacinado até para estudos futuros sobre a vacinação e que a responsabilidade do preenchimento é compartilhada entre o Ministério da Saúde e os municípios.

A gente trata esses erros com intuito de produzir uma informação que é muito importante, como a demanda de vacinas nas próximas semanas, quantas vacinas nós vamos precisar para que a população tenha acesso à segunda dose, quantas pessoas atrasaram ou adiaram a segunda dose, quanto tempo a gente vai demorar pra acabar o processo de vacinação se o ritmo se mantiver, enfim. Não sabemos os motivos pelos quais os erros estão acontecendo, mas a gente entende que eles precisam ser corrigidos o mais breve possível. Krerley Oliveira, coordenador do Laboratório de Estatística e Ciência de Dados da Universidade Federal de Alagoas

Reportagens publicadas nos veículos da NSC neste mês expuseram as inconsistências em base de dados do Ministério da Saúde, alimentados pelas prefeituras. Pelo sistema do governo federal, o problema mais recorrente era a contagem de três, quatro ou cinco doses aplicadas na mesma pessoa. Ao todo, 10,7 mil catarinenses apareciam na base como se tivessem tomado mais de duas doses das vacinas em SC. As informações foram apuradas pela equipe da NSC TV. Após a reportagem, os municípios se comprometeram a corrigir os erros.

Em abril, levantamento feito pelo grupo de estudos da Unicamp #TemCiencianoBR identificou que pelo menos 232 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 com doses de fabricantes diferentesem Santa Catarina. A troca aconteceu em 73 cidades. Em 89% dos casos, os vacinados receberam a primeira dose da Oxford/AstraZeneca e a segunda da Coronavac.

Mais dados da pandemia por cidade estão disponíveis no Painel do Coronavírus.

Clique nos links abaixo e navegue pelos painéis interativos:

Painel do Coronavírus

Veja o mapa da covid no Painel do Coronavírus
Mapa da covid em SC, dados de mortes e casos ativos de
coronavírus, curados e a situação por cidade e nos Estados.
Atualizado diariamente a partir das 16h

Monitor da Vacina

Veja dados da vacinação no Monitor da Vacina
Dados de doses aplicadas por cidade, doses enviadas,
calendário da vacinação e comparação com outros Estados.
Atualizado às segundas, às quartas e às sextas

Colunistas