Pelo segundo dia consecutivo, Santa Catarina tem bloqueios de rodovias. A manifestação antidemocrática é comandada por bolsonaristas descontentes com a vitória de Lula (PT) no segundo turno das eleições presidenciais, no último domingo (30). Por volta das 21h desta terça-feira (1º), eram 73 pontos de interdição em trechos federais e estaduais (veja lista abaixo).

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

Dentre eles, 38 estão em rodovias sob jurisdição federal, segundo comunicou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A corporação informou ainda que houve um pico de 51 bloqueios em trechos catarinenses e que, desde a noite de segunda (31), 16 deles foram desfeitos. Há ainda um ponto com concentração de manifestantes à margem da via.

Há também 35 bloqueios sendo realizados em rodovias estaduais, de acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv). Às 19h do dia anterior, haviam 42 pontos de interdição.

VÍDEO: PRF usa força após bolsonaristas se negarem a liberar a BR-101, em Itapema

Continua depois da publicidade

A PRF comunicou na segunda tentar a liberação pacífica dos trechos federais, mas que também havia acionado a Advocacia-Geral da União (AGU) para buscar expedição de mandado judicial que permita apoio de outras forças de segurança no caso.

Ainda antes de ir à Justiça, no entanto, a AGU comunicou, ao Diário Catarinense, já haver precedente jurídico que autoriza a atuação de ofício das polícias em ocasiões assim, citando como exemplo a greve dos caminhoneiros de 2018. No mesmo dia, um agente da PRF foi filmado em um bloqueio em Palhoça, no KM 215 da BR-101, ao comunicar aos manifestantes ter ordem de apenas acompanhá-los no ato.

A Justiça Federal em Santa Catarina já atendeu ao pedido da AGU, determinando que sejam adotadas as “medidas necessárias e suficientes ao resguardo da ordem pública e da livre circulação de veículos nas rodovias”. A decisão judicial ainda prevê multa de R$ 10 mil para cada pessoa física que descumpri-la.

Também foi atendido pela Justiça um pedido do governo de Santa Catarina, que montou um gabinete de crise para lidar com a situação. Na tarde de segunda, em uma coletiva de imprensa da Segurança Pública estadual, o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Marcelo Pontes, disse que setores de inteligência do Estado não haviam detectado com antecedência o movimento dos bloqueios.

Continua depois da publicidade

A Arteris, concessionária à frente de partes da BR-101 e da BR-116 no Estado, também foi ao Judiciário buscar liberação de trechos bloqueados por bolsonaristas.

Ainda na noite de segunda, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, já havia determinado que a PRF e as polícias militares dos Estados, visto que os bloqueios se estendem a outras partes do país, tomem ações imediatas para liberar as vias interditadas.

Na manhã desta terça, o Supremo Tribunal Federal (STF) já havia formado maioria para referendar a decisão do magistrado, atendendo a pedido da Confederação Nacional dos Transportes (CNT).

Também na segunda, o Ministério Público Federal (MPF) havia emitido despacho que previa 24 horas para que a PRF tomasse providências e informasse o que estaria sendo feito para coibir os bloqueios e liberar as rodovias federais.

Continua depois da publicidade

Os bolsonaristas que bloqueiam as rodovias estariam exigindo novas eleições para que deixassem os locais de concentração, segundo comunicou a PRF. Trata-se, no entanto, de pedido inconstitucional. Os atos ainda ferem o direito de ir e vir das pessoas.

Nas redes sociais, os bloqueios chegaram a ser tratados como um protesto de caminhoneiros, como na paralisação de 2018. Líderes daquela ocasião, no entanto, negam coordenação da categoria agora.

A Federação das Empresas de Transportes de Cargas e Logística de Santa Catarina (Fetrancesc) divulgou comunicado, na segunda, com o qual repudiava os bloqueios. O governador catarinense recém-eleito, Jorginho Mello (PL), aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL), também afirmou ser contra os atos de bolsonaristas.

Desde a noite de segunda, grandes cidades em Santa Catarina já enfrentam problemas de desabastecimento em postos de combustíveis. A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) reconheceu que também já há impactos na comunidade acadêmica.

Continua depois da publicidade

Há ainda hospitais no Estado com funcionamento afetado e pacientes que necessitam de hemodiálise, por exemplo, impedidos de realizarem o tratamento. O governo catarinense também precisou suspender a distribuição de vacinas aos municípios.

Diferentes setores econômicos também já contabilizam estragos, em especial o da agroindústria em Santa Catarina. Impedidas de transportar, produtoras de carnes suína e de aves estão interrompendo os abates dos animais.

Bloqueios em rodovias federais em SC

  • BR-101, KM 06 – Garuva – interdição total
  • BR-101, KM 25 – Joinville – interdição total
  • BR-101, KM 116 – ltajaí – interdição total
  • BR-101, KM 138 – Balneário Camboriú – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-101, KM 157 – Porto Belo – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-101, KM 215 – Palhoça – interdição total
  • BR-101, KM 265 – Garopaba – interdição total
  • BR-101, KM 282 – lmbituba – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-101, KM 312 – Laguna – interdição total
  • BR-101, KM 340 – Tubarão – interdição total
  • BR-101, KM 379 – Içara – interdição total
  • BR-101, KM 401 – Maracajá – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-101, KM 445 – Santa Rosa do Sul – interdição total
  • BR-116, KM 7 – Mafra – interdição total
  • BR-116, KM 34 – Itaiópolis – interdição total
  • BR-116, KM 54 – Papanduva – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-116, KM 138 – Santa Cecília – interdição parcial: ambos os sentidos
  • BR-153, KM 97 – Concórdia – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-153, KM 58 – Irani – interdição parcial em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 4 – São Francisco do Sul – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 55, Guaramirim – interdição total em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 80 – Corupá – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 114 – São Bento do Sul – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 232 – Canoinhas – interdição parcial em ambos os sentidos
  • BR-282, KM 15 – Palhoça – interdição total
  • BR-282, KM 32 – Águas Mornas – interdição total
  • BR-282, KM 103 – Alfredo Wagner – interdição total
  • BR-282, KM 394 – Joaçaba – interdição total
  • BR-282, KM 520 – Xaxim – interdição total
  • BR-282, KM 535 – Chapecó – interdição total
  • BR-282, KM 646 – Descanso – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-470, KM 7 – Navegantes – interdição total
  • BR-470, KM 45 – Blumenau – interdição total
  • BR-470, KM 57 – Pomerode – interdição total
  • BR-470, KM 67 – lndaial – interdição total
  • BR-470, KM – 139 – Rio do Sul – bloquei total em ambos os sentidos
  • BR-470, KM 158 – Trombudo Central – interdição total
  • BR-470, KM 247 – Curitibanos – interdição parcial em ambos os sentidos

Bloqueios em rodovias estaduais em SC

  • SC-486, KM 300 – Itajaí – interdição total
  • SC-464, KM 16,100 – Arroio Trinta – interdição total
  • SC-120, KM 165 – Lebon Régis – interdição parcial
  • SC-355, KM 29 – Fraiburgo – interdição parcial
  • SC-355, KM 49 – Videira – interdição parcial
  • SC-421, KM 12,800 – Blumenau – interdição parcial
  • SC-110, KM 100,900 – Pomerode – interdição parcial
  • SC-480, KM 78,500 – Bom Jesus – interdição total
  • SC-150, KM 111,700 – Ouro – interdição total
  • SC-108, KM 46,150 – Massaranduba – interdição total
  • SC-150, KM 73,700 – Luzerna – interdição parcial
  • SC-453, KM 53,550 – Ibicaré – interdição total
  • SC-160, KM 2,8 – Campo Erê – interdição total
  • SC-108, KM 111 – Gaspar – interdição total
  • TransBeto, KM 3,8 – Penha – interdição parcial
  • SC-410, KM 6 – Tijucas – interdição total
  • SC-355, KM 165 – Lebon Régis – interdição parcial
  • SC-486, KM 48 – Botuverá – interdição total
  • SC-108, KM 116 – Brusque – interdição total
  • SC-108, KM 21 – Joinville – interdição total
  • SC-486, KM 14 – ltajaí – interdição total
  • SC-155, KM 16.1 – Abelardo Luz – interdição total
  • SC-480, KM 95.8 – Xanxerê – interdição total
  • SC-412, KM 12 – Ilhota – interdição parcial
  • SC-415, KM 10 – São Francisco do Sul – interdição parcial
  • SC-163, KM 58, São Miguel do Oeste – interdição total
  • SC-418, KM 62, São Bento do Sul – interdição parcial
  • SC-418, KM 59, São Bento do Sul – interdição parcial
  • AE280C, KM 7 – São Bento do Sul – interdição parcial
  • AE280C, KM 0 – São Bento do Sul – interdição total
  • SC-160, KM 60 – Serra Alta – interdição total
  • SC-350 – Caçador – interdição parcial
  • SC-112, trevo de acesso à BR-470 – Trombudo Central – interdição parcial
  • SC-412 , KM 100 – Itajaí – interdição total
  • A101D, KM 3,900 – Penha – interdição total

Continua depois da publicidade

Veja fotos dos bloqueios feitos por bolsonaristas em SC

Leia mais

Bolsonaristas bloqueiam acesso ao Aeroporto de Guarulhos

Aliados sugerem a Bolsonaro discurso em que reconheça derrota e aponte “injustiças”

Petista ganha carro de R$ 200 mil apostado com bolsonarista: “Vida é assim”

Destaques do NSC Total