nsc
an

Retirada

Seis árvores da rua das Palmeiras serão removidas neste fim de semana em Joinville

Trânsito na rua do Príncipe será interrompido em alguns momentos para a entrada e saída de caminhão

13/05/2022 - 13h49

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Cinco palmeiras estão mortas e outra tem caule comprometido
Cinco palmeiras estão mortas e outra tem caule comprometido
(Foto: )

Seis árvores da rua das Palmeiras serão removidas neste fim de semana em Joinville. Segundo a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Sama), cinco exemplares da palmeira imperial Roystonea oleracea estão mortas e outra tem o caule comprometido.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Por causa do tamanho das palmeiras, será necessário um prazo de seis meses para a remoção completa das raízes. Em seguida, serão plantados novos exemplares, com sete anos de idade, que foram produzidos no viveiro de mudas da Unidade de Desenvolvimento Rural (UDR).

- Será criado um plano de manutenção das palmeiras que compreende um rígido controle fitossanitário, adubações periódicas e controle da broca das palmeiras - explica Luiz Carlos Maia, diretor da UDR.

Após a remoção das seis palmeiras, amostras serão retiradas da Alameda Brüstlein para análise de técnicos da Sama. O trabalho poderá indicar quais foram as causas da morte das árvores.

Durante a ação de retirada no sábado (14) e domingo (15), em alguns momentos o trânsito na rua do Príncipe, na altura da rua das Palmeiras, será interrompido para a entrada e saída do caminhão. Não será permitida a circulação de pedestres e veículos na Alameda Brüstlein.

Em caso de condições climáticas adversas que impeçam a realização do trabalho como chuva e vento, a atividade será reagendada.

As palmeiras imperiais da Alameda Brüstlein são árvores centenárias cujas sementes vieram do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, em 1867. Elas podem viver mais de 200 anos e chegar a 40 metros de altura.

Leia também:

Como bônus na educação em Joinville vão reduzir “conta” de R$ 160 milhões

Secretário de Saúde pede desculpa por demora no atendimento pediátrico em Joinville

Primeira unidade do Starbucks em Joinville é confirmada em shopping

Colunistas