nsc
dc

PARA QUE?

Senado abre pregão para comprar 630 algemas mesmo sem histórico de prisões na Casa

Última prisão registrada no Senado aconteceu na CPI da Covid, quando Roberto Ferreira Dias foi acusado de prestar falso testemunho

13/10/2021 - 09h09

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Roberto Ferreira Dias preso acusado de falso testemunha na CPI Covid
Roberto Ferreira Dias preso acusado de falso testemunha na CPI Covid
(Foto: )

O Senado Federal abre, nesta quarta-feira (13), um pregão eletrônico destinado a adquirir 630 algemas para uso da Secretaria de Polícia do Senado Federal (Spol). O documento prevê a compra de 500 itens descartáveis – uma espécie de lacre – e outras 130 algemas metálicas, no tradicional formato utilizado pelas forças de segurança.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Trata-se do primeiro pregão aberto para aquisição dos equipamentos de segurança pela Casa desde 2008, ano em que o Senado passou a dar publicidade às licitações. 

A empresa vencedora do pregão deverá entregar os equipamentos em, no máximo, 30 dias, contados do recebimento da nota de empenho.

> Após veto, Damares promete distribuição de absorventes

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total

Leia também

Justiça contraria lei e permite que cidade contrate servidor

Pontes enfrentam situação precária na divisa de SC e RS

Bruna Valim é a primeira mulher negra a vencer Miss Universo SC

Colunistas