nsc
dc

Alerta

Sete crianças morrem por Covid-19 em menos de 30 dias em Santa Catarina

Estado atingiu o maior número de mortes em um mês de crianças de até 9 anos por complicações do coronavírus

30/03/2021 - 05h00

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Cristian Edel
Por Cristian Edel Weiss
Em fevereiro, outras cinco crianças com menos de 10 anos perderam a vida para a doença em SC
Em fevereiro, outras cinco crianças com menos de 10 anos perderam a vida para a doença em SC
(Foto: )

Somente no mês de março, sete crianças de até 9 anos morreram por complicações do coronavírus em Santa Catarina, o número mais alto de óbitos já registrado nesta faixa etária em um único mês em toda a pandemia. Apenas em 2021, 14 crianças com até 9 anos perderam a vida por consequência da Covid-19 no Estado. Desde o início da pandemia, foram 23 vítimas.

> Mapa Covid de SC hoje: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

> Calendário da vacina: veja dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

A maior parte dos óbitos ocorrida em março era de crianças com menos de 2 anos de idade. Quatro delas eram bebês com menos de 1 ano, duas estavam no primeiro ano de vida e uma tinha seis anos. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

> Apenas em março, SC já soma mais de 3 mil mortes por covid-19

A região que mais registrou vítimas na idade infantil é o Sul: três mortes ocorreram em Criciúma e uma em Lauro Müller. Outras duas foram confirmadas no Oeste: uma em Capinzal e outra em Chapecó, além de uma no Norte, em Joinville.

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

Crianças que perderam a vida em março por Covid-19 em SC

O primeiro registro ocorreu ainda no início do mês. A morte do bebê, com menos de um ano, foi confirmada no dia 3 de março, em Criciúma. Ele estava internado na UTI e, ainda segundo a SES, tinha síndrome de Down e doença cardiovascular como comorbidades.

> Prefeito de Joinville agradece quem descumpriu decreto com praça "cheia de famílias"

O segundo óbito do mês, foi em Chapecó, também de um menino. Ele tinha 1 ano e perdeu a vida em 8 de março. Dois dias depois, novamente em Criciúma, outro menino com menos de um ano não resistiu. Já no dia 21 de março, foi em Capinzal a morte de um menino também com menos de 1 ano, que tinha como comorbidades síndrome de Down e problemas cardíacos.

No dia 23 de março, uma menina que ainda não tinha completado 1 ano também não resistiu. Ela tinha problemas cardíacos, segundo o Estado. No dia seguinte, uma menina de 6 anos, que se tratava contra um câncer, em Criciúma, foi vencida pela Covid-19. O óbito mais recente ocorreu no último sábado, de um menino de 1 ano em Lauro Müller.

Em toda a pandemia, quase 1 em cada 3 óbitos de crianças até 9 anos ocorreu em março. Desde novembro, tem morrido pelo menos 2 crianças nessa faixa etária por covid-19 em SC.

Crianças e adolescentes somam 10 óbitos em março

Se somados, o número de crianças e adolescentes, de 0 a 19 anos, que morreram por Covid-19 chega a 40 desde o início da pandemia, sendo 20 os que morreram neste ano e 10 os que perderam a vida apenas em março (veja no gráfico abaixo)

As mortes mais recentes envolvendo adolescentes são de uma jovem de 17 anos de Florianópolis, que morreu em 15 de março; outra de 17 anos de Jaguaruna, que morreu no dia 19; e uma jovem de 18, que morreu na sexta-feira, em Lages.

Leia também

Com dois apagões em 20 dias, Hospital Regional de São José improvisou alicate para manter energia elétrica

> Florianópolis tem fila de 5 quarteirões para vacinar profissionais da saúde contra Covid

Colunistas