nsc
hora_de_sc

Astronomia

Superlua: entenda o fenômeno que vai marcar o céu nesta semana

Quando entrar na fase cheia, na segunda-feira, dia 26, a Lua estará no ponto mais próximo da Terra

25/04/2021 - 14h00 - Atualizada em: 11/06/2021 - 17h22

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
superlua-26-04-2021
Fenômeno astronômico ocorrerá na próxima segunda-feira, dia 26
(Foto: )

A semana inicia com um fenônome astronômico para encantar os admiradores do céu, sobretudo dos amantes da Lua. Nesta segunda-feira, dia 26, o satélite natural ficará no ponto mais próximo da Terra. Assim, seu tamanho aparente acaba mudando.

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

> Veja fotos da superlua no céu de Santa Catarina

O fenômero é chamado de Superlua e acontece porque a órbita da Lua em torno da Terra não é circular, mas sim elíptica. Assim, à medida que a Lua percorre a órbita ao redor do nosso planeta, ora ela fica mais distante, ora mais próxima de nós.

> Grupo de Pesquisa Ufológica estuda relatos de óvnis em SC

> Elon Musk decidiu em Florianópolis que iria investir foguetes e revolucionar a corrida espacial

Quando entrar na fase cheia, na noite de segunda-feira, dia 26, a Lua estará no ponto mais próximo da Terra, ficará um pouco maior e mais iluminada, se comparado com as demais noites de Lua cheia. Confira mais detalhes do fenômeno no infográfico a seguir:

SUPERLUA E MICROLUA
O fenômeno é decorrente do fato de que a órbita da Lua em torno da Terra não é circular, mas sim elíptica. Além disso, nosso planeta não está exatamente no centro dessa elipse, mas levemente deslocado. Assim, à medida que a Lua percorre sua órbita ao redor do nosso planeta, ora ela fica mais distante, ora mais próxima de nós.
LUA CHEIA
No lado oposto ao Sol, com a face voltada para a Terra completamente iluminada pelo Sol.
SUPERLUA
É uma Lua cheia que ocorre quando o satélite está no ponto mais próximo da Terra (perigeu), a 363.000 km
Órbita da Terra
em torno do Sol
Órbita lunar
elíptica
A Terra está deslocada do centro da órbita lunar
MICROLUA
É uma Lua cheia que ocorre quando o satélite está no ponto mais distante da Terra (apogeu), a 405.000 km
SUPERLUA
MICROLUA
14% maior
30% mais brilhante
Embora o tamanho e o brilho da superlua sejam maiores que a média, é muito difícil perceber essas diferenças a olho nu, justamente por não termos sensibilidade para reagir a isso.
CURIOSIDADES
1,25
segundos
É o tempo que a luz leva para percorrer a distância Terra-Lua, da ordem de 384.000 km
27,3
dias
É o tempo que a Lua leva para completar uma órbita ao redor da Terra
29,5
dias
É o intervalo de tempo entre duas Luas cheias consecutivas, conhecido como "lunação".
-175°C a
+100°C
Variações de temperatura que ocorrem na superfície lunar quando escondida do Sol e quando exposta ao Sol.
CRATERAS
Como a Lua não tem mecanismos de transformação da sua superfície (como a erosão e o vulcanismo terrestres), as crateras permanecem como lembranças constantes de impactos astronômicos que ocorrem periodicamente no Universo.
INFOGRAFIA: Ben Ami Scopinho, NSC Total
Fonte: Marcelo Schappo, físico do IFSC

O ano de 2021 será marcado por uma série de outros eventos astronômicos. No começo de maio, entre os dias 5 e 6, será possível acompanhar uma chuva de meteoros.

Leia também

> Entenda a diferença entre neve, sincelo e chuva congelada

> Relembre os relatos de aparições e sinais de ETs em Santa Catarina

> Saiba o que cada tipo de cristal atrai além de boas energias

> Florianópolis e Balneário Camboriú estão entre as cinco cidades com imóveis mais caros no Brasil

> Quem é o Grupo Soma, gigante do varejo de moda que comprou a Cia. Hering

Colunistas