nsc
    nsc

    Mercado imobiliário

    Florianópolis e Balneário Camboriú estão entre as cinco cidades com imóveis mais caros no Brasil

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    26/04/2021 - 12h25 - Atualizada em: 26/04/2021 - 16h17
    Balneário Camboriú tem o metro quadrado mais caro de SC
    Balneário Camboriú tem o metro quadrado mais caro de SC (Foto: Diorgenes Pandini)

    Duas das cinco cidades com o metro quadrado mais caro do país estão em Santa Catarina, de acordo com o índice Fipe Zap de venda residencial. Balneário Camboriú está em 4º lugar, com preço de R$ 7.878. Florianópolis vem em seguida, com R$ 7.608 por m². À frente das cidades catarinenses estão três grandes capitais: Rio de Janeiro (1º), São Paulo (2º) e Brasília (3º).

    > Sem crise: Venda de imóveis de luxo dispara em SC durante a pandemia

    Santa Catarina também é destaque na valorização dos imóveis ao longo do ano. Itajaí tem o melhor acumulado, com 1,52% de valorização no mês de março - o melhor resultado no mês, entre as 50 cidades avaliadas pelo índice Fipe Zap - e alta de 3,78% desde janeiro. 

    No acumulado do ano, Itajaí só está atrás da capital de Alagoas, Maceió, que teve alta de 4,75% nos três primeiros meses de 2020. O resultado de Itajaí se deve, principalmente, ao mercado de alto padrão que cresce nas regiões do Centro e Praia Brava. 

    > Pandemia aumenta em quatro vezes o rendimento para quem investe em imóveis em SC

    Se considerados os últimos 12 meses, outra cidade catarinense é destaque. Itapema registrou valorização de 12,02% nos imóveis desde março de 2020, o melhor resultado entre todas as cidades analisadas pelo Fipe Zap. 

    Todas as cidades de Santa Catarina tiveram valorização no período. A alta durante a pandemia não é um fenômeno isolado, mas uma tendência nacional. De forma geral, os preços avançaram em média 3,99% no país. 

    > Alargamento da praia pode aumentar em 20% preço dos imóveis em Balneário Camboriú

    Os últimos dados do índice, no entanto, apontam para uma ligeira desaceleração no mercado nacional. A alta nominal foi de 0,18%, contra 0,25% em fevereiro, 0,35% em janeiro e 0,46% em dezembro. No mesmo período, o IPCA foi calculado em 0,95%.

    A redução pode estar no arrefecimento da disparada verificada em 2020, quando a procura por imóveis foi beneficiada pela redução das taxas de juros, aliada ao home office - que aumentou a busca por mais coonforto e melhores condições de moradia.

    > Luciano Hang vai erguer o maior prédio da América Latina em Balneário Camboriú

    Em Santa Catarina, a procura por imóveis de padrão médio reduziu ao longo dos últimos meses. O mercado de alto padrão, no entanto, continua aquecido. As construtoras registram aumento de pelo menos 30% no volume de vendas, impulsionado pela redução de rendimentos nos investimentos bancários tradicionais, como a poupança. 

    Veja os resultados de SC:

    Florianópolis
    Florianópolis
    (Foto: )

    Florianópolis

    Valorização em março: +o,82%

    Últimos três meses: + 2,6%

    Últimos 12 meses: + 7,41%

    metro quadrado: R$ 7.608

    Balneário Camboriú
    Balneário Camboriú
    (Foto: )

    Balneário Camboriú

    Valorização em março: +o,52%

    Últimos três meses: + 2,03%

    Últimos 12 meses: + 8,06%

    metro quadrado: R$ 7.878

    Blumenau
    Blumenau
    (Foto: )

    Blumenau

    Valorização em março: +o,36%

    Últimos três meses: + 1,56%

    Últimos 12 meses: + 5,75%

    metro quadrado: R$ 4.299

    Itajaí
    Itajaí
    (Foto: )

    Itajaí

    Valorização em março: +1,52%

    Últimos três meses: + 3,78%

    Últimos 12 meses: + 9,53%

    metro quadrado: R$ 6.632

    Itapema
    Itapema
    (Foto: )

    Itapema

    Valorização em março: +1,10%

    Últimos três meses: + 2,56%

    Últimos 12 meses: + 12.02%

    metro quadrado: R$ 7.350

    Joinville
    Joinville
    (Foto: )

    Joinville

    Valorização em março: +o,30%

    Últimos três meses: + 1,55%

    Últimos 12 meses: + 4,77%

    metro quadrado: R$ 4.944

    São José
    São José
    (Foto: )

    São José

    Valorização em março: +1,13%

    Últimos três meses: + 3,59%

    Últimos 12 meses: + 9,08%

    metro quadrado: R$ 4.453

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Leia também:

    ​Elon Musk decidiu em Florianópolis que iria investir foguetes e revolucionar a corrida espacial​

    Ex-ministro José Eduardo Cardozo diz que impeachment de Moisés foi "aberração"

    Interrogatório de Moisés: Roesler diz que Tribunal do Impeachment não é "palco inquisitivo"​

    Secretário catarinense de Bolsonaro troca o PSL pelo PL

    Mais colunistas

      Mais colunistas