nsc
    dc

    Violência

    Suspeito de esfaquear mulher trans em Içara é preso pela polícia

    Um dos suspeitos seria cliente da vítima e devia para ela mais de R$ 1 mil

    26/10/2020 - 04h00

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    Rebeka Curtts, de 28 anos foi atacada por dois homens dentro do próprio carro
    Rebeka Curtts, de 28 anos foi atacada por dois homens dentro do próprio carro
    (Foto: )

    Um dos homens suspeitos de atacar uma mulher trans a facadas em Içara, no Sul de Santa Catarina, foi preso temporariamente na última sexta-feira (23), pela Polícia Civil. O outro suspeito ainda não foi localizado. O caso é tratado como tentativa de latrocínio, já que o carro da vítima, além de outros pertences foram levados pelos criminosos. 

    > Receba notícias da sua região por WhatsApp. Clique aqui e saiba como

    Rebeka Curtts, de 28 anos, foi golpeada com cerca de 30 facadas na manhã do sábado da semana passada (17). À polícia, a vítima disse que trabalha como acompanhante e massagista, e um dos homens era seu cliente há alguns meses, mas devia mais de R$ 1 mil.

    > Festa com 600 pessoas em Xanxerê é encerrada pela polícia após denúncias

    > Deputado pede que Daniela "rasgue" decretos de Moisés contra o coronavírus

    Na ocasião, o homem teria marcado um encontro para quitar a dívida, e disse que levaria um amigo junto. Ambos teriam embarcado no carro da vítima, onde tentaram acertar o valor utilizando uma máquina de cartão. Como a transação não foi confirmada, ela foi atacada. A trans conseguiu sair do carro e pedir ajuda. Ela foi encaminhada em estado grave ao Hospital São Donato.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas