nsc
santa

Homicídio

Suspeito de matar namorada de 21 anos asfixiada em Indaial é preso

Homem estava em Apiúna e será ouvido na delegacia de Indaial na tarde desta quinta-feira

08/07/2021 - 11h41 - Atualizada em: 08/07/2021 - 12h10

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Suspeito estava em Apiúna e foi preso na tarde desta quarta-feira
Suspeito estava em Apiúna e foi preso na tarde desta quarta-feira
(Foto: )

O suspeito de matar Gabriela Ágatha Lima, de 21 anos, em Indaial, foi preso temporariamente pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (7). Ele estava em Apiúna, no Médio Vale do Itajaí, e chegou a vender o carro da vítima a um ferro-velho.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Conforme informações da Polícia Civil, o homem era companheiro de Gabriela. Ela foi encontrada morta no mês passado pelo próprio pai, no interior da casa em que morava, no bairro Rio Morto. Na residência, os policiais encontraram objetos revirados, que indicavam uma possível briga antes do assassinato.

O laudo do Instituto Geral de Perícias apontou que Gabriela morreu por asfixia. Segundo o delegado Flávio Silveira, logo depois do crime o suspeito desapareceu. Com a ajuda da equipe de Ascurra, os investigadores descobriram que ele havia alugado um barraco no bairro Ribeirão São Luiz, em Apiúna.

O homem foi encontrado na cidade e levado a Indaial, onde será ouvido na tarde desta quinta-feira (8). O inquérito deve ser finalizado dentro do prazo da detenção temporária, que é de até 30 dias, podendo ser prorrogada.

Com o interrogatório, Silveira tentará concluir se houve feminicídio. Por enquanto, o assassinato só tem como agravante a forma como ocorreu, por asfixia.

Leia também

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Colunistas