nsc
    santa

    Volta às aulas

    Três a cada quatro pais de Blumenau não vão permitir que os filhos voltem à escola em 2020

    Pesquisa feita pela prefeitura de Blumenau mostrou que a maior parte dos responsáveis pelos estudantes quer manter o ensino on-line neste ano

    16/10/2020 - 04h28 - Atualizada em: 16/10/2020 - 06h09

    Compartilhe

    Bianca
    Por Bianca Bertoli
    71% dos responsáveis por crianças matriculadas em creches não querem o retorno
    71% dos responsáveis por crianças matriculadas em creches não querem o retorno
    (Foto: )

    Quase 75% dos responsáveis pelos estudantes da rede municipal de ensino de Blumenau não pretendem levar os menores às escolas e creches, que serão reabertas a partir de segunda-feira (26), depois de sete meses fechadas por conta da pandemia do coronavírus.

    Uma pesquisa feita pela prefeitura, que ouviu pais de alunos do 1º ao 9º ano e das creches, aponta que 74% dos quase 26 mil respondentes preferem continuar com as aulas virtuais. Os outros 26% disseram ter interesse em levar as crianças e adolescentes às unidades de ensino.

    > Receba notícias por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Primeiro, a gestão municipal ouviu pais que possuem matriculados do 6º ao 9º ano. Depois, com a informação do governo do Estado de que a última turma de cada etapa poderá voltar às salas de aula, incluindo os anos iniciais, a pergunta foi feita também aos responsáveis pelas crianças dos Centros de Educação Infantil (CEIs) e dos primeiros anos do ensino fundamental. O levantamento ocorreu até o último domingo (11).

    Pouco mais de 14 mil pais de estudantes do 1º ao 9º ano e quase 12 mil da educação infantil participaram da enquete. Na rede municipal há mais de 35 mil alunos. Os que sinalizaram um interesse maior no retorno foram as famílias com crianças nas creches. Neste caso, 29% responderam ter interesse eu deixá-las nos CEIs, mas 71% acham mais seguro permanecer com os pequenos em casa.

    — Não existe obrigatoriedade para o retorno, quem decide se volta ou não é a família, mas por causa da portaria do Estado vamos oferecer as aulas para quem desejar. Até o dia 18 de dezembro estaremos alimentando a plataforma (virtual de ensino) — explicou a secretária municipal de Educação, Patricia Lueders, ao falar sobre a pesquisa na semana passada.

    > Médico critica comportamento de jovens em SC: "sentem que têm passaporte de segurança"

    O link com a pergunta “quer voltar ou não gostaria de retornar” foi enviado pelos diretores de cada escola aos pais, segundo Patricia. A partir desses números a secretaria planeja como será o retorno, que precisa ser gradativo e com diversas regras de prevenção à Covid-19. 

    Um comitê municipal, formado por algumas entidades, já elaborou o plano de contingência, que deve ser divulgado nesta sexta-feira (16). Com base nele as escolas precisam elaborar o próprio plano para ter a aprovação do comitê e aí voltar a abrir as portas.

    Pesquisa sobre retorno

    Ao todo, 25.989 responderam a pesquisa. Destes, 74% disseram que não retornarão e 26% que sim. 11.898 eram responsáveis por matriculados na educação infantil de Blumenau. Destes, 71% disseram que não retornarão e 29% que sim.

    Volta às aulas autorizada

    Caso tenham o plano de contingência homologado e estejam em regiões representadas pelas cores azul (risco moderado) ou amarelo (risco alto) no mapa da matriz de risco para Covid-19, a escolas podem iniciar as atividades presenciais a qualquer momento, informou a Secretaria de Estado de Educação (SED).

    Ainda segundo a secretaria, os comitês municipais são responsáveis por deliberar sobre os planos de cada escola da rede pública e privada a partir das regras previstas no PlanCon (Plano de Contingência da Educação de Santa Catarina), documento elaborado em conjunto por mais de 15 entidades.

    O PlanCon prevê uma série de medidas para prevenção do coronavírus nas escolas. As orientações incluem o uso de máscara por professores e estudantes, distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas na sala de aula e aferição da temperatura de todos que entrarem nas unidades de ensino.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas