nsc
    dc

    Educação

    UFSC é a 23ª melhor universidade da América Latina, aponta pesquisa

    Entre as instituições brasileiras, a universidade ficou com a oitava posição

    13/11/2020 - 14h14 - Atualizada em: 13/11/2020 - 15h01

    Compartilhe

    Carolina
    Por Carolina Fernandes
    Universidade Federal de Santa Catarina
    UFSC ficou em 4º lugar entre as instituições brasileiras federais
    (Foto: )

    A Universidade Federal de Santa Catarina ocupa a 23ª posição na classificação geral entre as melhores universidades da América Latina. O resultado foi divulgado nesta quarta-feira (11) pela consultoria britânica, QS World University Rankings, que classifica universidades em todo o mundo. Além disso, a UFSC ficou na 8ª colocação entre as universidades brasileiras e em 4ª lugar entre as instituições federais de ensino.

    > Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

     O reitor Ubaldo Cesar Balthazar comemorou o resultado. 

    — Mais uma vez, a UFSC é reconhecida por sua competência, seu corpo de docentes e técnicos e a qualidade de estudantes em todos os níveis de ensino. Estar entra as primeiras instituições da América Latina e ser a quarta entre as federais é motivo de muito orgulho, e revela a certeza de o quanto somos cada vez mais imprescindíveis e fundamentais à sociedade — afirma.

    Das instituições brasileiras a Universidade de São Paulo (USP) é a mais bem avaliada do país, seguida da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em quinto lugar. Entre as universidades federais, a do Rio de Janeiro ocupa a nona posição, a de Minas Gerais, a 15ª, e do Rio Grande do Sul, a 19ª.

    > Como acompanhar as Eleições 2020 pelos veículos da NSC

    A QS World University Rankings analisou 400 instituições em 20 países da América Latina. O topo da colocação ficou com Pontificia Universidad Católica de Chile. 

    Oito indicadores foram considerados no índice: reputação acadêmica (30%), reputação de empregabilidade (20%), proporção de professor por estudante (10%), corpo docente por PhD (10%), rede internacional de pesquisa (10%), citações por artigo (10%), artigos por instituição (5%) e alcance na internet (5%). 

    Confira a lista: 

    1º - Pontificia Universidad Católica de Chile (Chile)

    2º - Universidade de São Paulo (Brasil)

    3º - Tecnológico de Monterrey (México)

    4º - Universidad de Chile (Chile)

    5º - Universidade Estadual de Campinas (Brasil)

    6º - Universidad de los Andes (Colombia)

    7º - Universidad Nacional Autónoma de México (México)

    8º - Universidad de Buenos Aires (Argentina)

    9º - Universidade Federal do Rio de Janeiro (Brasil)

    10º - Universidad Nacional de Colombia (Colombia)

    11º - Universidad de Concepción (Chile)

    12º - Universidade Estadual Paulista (Brasil)

    13º - Universidad de Antioquia (Colombia)

    14º - Universidad de Santiago de Chile (Chile)

    15º - Universidade Federal de Minas Gerais (Brasil)

    16º - Pontificia Universidad Católica del Perú (Peru)

    17º - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Brasil)

    18º - Pontificia Universidad Javeriana (Colombia)

    19º - Universidade Federal do Rio Grande Do Sul (Brasil)

    20º - Universidad de Costa Rica (Costa Rica)

    21º - Universidad Nacional de La Plata (Argentina)

    22º - Pontificia Universidad Católica de Valparaíso (Chile)

    23º - Universidade Federal de Santa Catarina (Brasil)

    24º - Universidad Adolfo Ibàñez (Chile)

    25º - Instituto Politécnico Nacional (México)

    Leia também:

    > Volta às aulas presenciais é suspensa em regiões de risco grave para coronavírus em SC

    > Furb avalia congelar valor das mensalidades dos alunos em 2021

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Educação

    Colunistas