nsc
dc

Descubra a Serra

Valorização da Serra Catarinense: Urupema atrai investimentos públicos e privados

Destaque pela movimentação turística, a cidade mais fria do país tem atraindo investimentos públicos e privados que a colocam em posição de grande potencial de desenvolvimento

06/10/2021 - 14h27

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Seguindo a ideia da rua coberta de Gramado, no Rio Grande do Sul, a rua coberta de Urupema deve atrair empreendimentos e turistas para toda a mesorregião região serrana
Seguindo a ideia da rua coberta de Gramado, no Rio Grande do Sul, a rua coberta de Urupema deve atrair empreendimentos e turistas para toda a mesorregião região serrana
(Foto: )

Localizada na Serra catarinense, Urupema tem chamado a atenção pelo seu potencial de desenvolvimento e planejamento urbano. Segundo a secretaria de turismo do município, a cidade chegou a receber 500 hóspedes durante a alta temporada de inverno, número que representa quase 25% dos seus 2.459 habitantes (IBGE, 2020). Recentemente, o projeto de lei nº 1389/2019, que visa oficializar o título de Urupema como Capital Nacional do Frio, foi aprovado em todas as instâncias e agora aguarda a sanção do presidente da República. Provas do reconhecimento e desenvolvimento turístico da cidade.

> O que fazer em Urupema: um guia para todas as estações do ano

Hoje, Urupema conta com 22 hospedagens, que somam um total de 220 leitos. Para atender a crescente demanda de pessoas que se deslocam até o município em busca da neve, segurança e serviços de ecoturismo, outros 150 leitos estão em fase de implementação, de acordo com a prefeitura. A previsão é que nos próximos anos, a cidade atinja o marco de mil leitos.

Resultado da alta demanda por instalações e atrações urbanas, o poder público e a iniciativa privada têm se unido para apresentar projetos de desenvolvimento. Dentre eles, os que mais se destacam são o do complexo turístico, a Ecovila Urupema e o planejamento de reurbanização da cidade, que inclui a revitalização de espaços públicos e a implementação de uma maior cobertura da rede sanitária.

Complexo turístico atrai empreendimentos

No dia 10 de setembro de 2021, foi confirmado o repasse de R$ 8,2 milhões por parte do governo do estado, destinados a investimentos em Urupema. Destes, R$ 6,2 milhões são destinados ao projeto do complexo turístico, composto pela implementação da rua coberta, cabine fotográfica em frente à praça central, cobertura na ponte sobre o rio Caronas, implementação de um deck junto à ponte do rio Caronas, revitalização do contorno da Igreja Matriz e a instalação de um gerador de energia solar.

> Conheça a história de 3 pratos de pinhão e aprenda a fazer em casa

Além do complexo turístico, parte desses recursos serão destinados à ligação da rede de esgoto no município, à instalação de um poço artesiano que será feito através da CASAN.

Rua Coberta de Urupema terá dois andares de vidro

Financiado pelo governo do estado, o projeto da rua coberta está em fase de licitação e tem previsão de entrega para março de 2022.
Financiado pelo governo do estado, o projeto da rua coberta está em fase de licitação e tem previsão de entrega para março de 2022.
(Foto: )

O turista quer sentir, mas não pode passar frio. Essa é a premissa que deu origem ao projeto da rua coberta, que visa movimentar a economia e turismo na região oferecendo mais opções de lazer e entretenimento aos visitantes que, motivados pelos atrativos naturais do município, já têm o costume de se deslocarem até a cidade. Este empreendimento contará com dois andares de vidro que oferecerão mais opções gastronômicas, uma passarela em frente a praça e elevador para pessoas com deficiência, em conformidade à norma 9050/2015.

> Atividades esportivas para praticar no inverno serrano

De encontro com a proposta de desenvolvimento sustentável da cidade, será implementado um sistema de geração de energia solar sobre a cobertura da rua coberta, que deverá fornecer energia para as instalações públicas das proximidades, como creches e escolas.

Em frente a praça, será implementada uma cabine fotográfica que será posicionada logo abaixo do famoso termômetro da praça municipal, que frequentemente registra as menores temperaturas do país. No interior da cabine, haverá imagens do município, onde os visitantes poderão tirar fotos com planos de fundo bastante conhecidos, como a cascata que congela, o Morro das Torres e outros pontos.

Uma cabine fotográfica será construída no Complexo de Turismo em Urupema.
Uma cabine fotográfica será construída no Complexo de Turismo em Urupema
(Foto: )

Ponte e Deck para observação de Trutas

Como o rio Caronas corta o município ao meio, a cidade tem um atrativo natural único: um lago de água limpa localizado no centro da cidade, onde podem ser vistas algumas espécies de truta, em especial a Arco-Íris. Esta espécie é originária da América do Norte e é conhecida por ter uma listra rosa dividindo seu corpo ao meio. Apesar de bela, é muito sensível e só consegue se reproduzir livremente em águas muito puras. Por isso, um dos projetos do Complexo Turístico é a construção de uma ponte sobre o rio Caronas, onde será instalado um deck para observação das trutas.

A ponte e deck para observação de trutas está em processo de licitação e deve ser entregue em dezembro deste ano
A ponte e deck para observação de trutas está em processo de licitação e deve ser entregue em dezembro deste ano
(Foto: )

Além dessas obras, o complexo turístico de Urupema deve iniciar a revitalização de uma rua atrás da Igreja Matriz, outro ponto turístico da cidade.

Ecovila Urupema

Ecovilas são comunidades sustentáveis que buscam uma convivência harmônica com a natureza e que estão preocupadas em cumprir os objetivos do milênio, propostos pela Agenda 2030 da ONU, como recuperação ambiental, produção de alimentos integrada à natureza, geração de energia própria e tratamento de resíduos produzidos pelas próprias comunidades.

> Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Com foco na preservação da natureza, a Solu Agroflorestal construirá a Ecovila Urupema às margens do Rio Corona em uma área de 40 mil metros quadrados de agrofloresta em recuperação ambiental. Ao todo, serão ofertados cerca de 60 espaços com amplas áreas de construção em meio à natureza.

O empreendimento da Ecovila Urupema vai oferecer dezenas de espaços para construção
O empreendimento da Ecovila Urupema vai oferecer dezenas de espaços para construção
(Foto: )

Com este empreendimento, a ecovila Urupema passará a integrar a Rede Global de Ecovilas (GEN), que têm a sustentabilidade social, econômica, cultural e ecológica como seus principais valores. Além disso, serão desenvolvidas pesquisas científicas na localidade que tratarão sobre temas como recuperação de solo, ecossistemas, microclimas, agricultura sintrópica e estudos das aves da região. Dessa maneira, é esperado que as pesquisas contribuam para o desenvolvimento do birdwatching, atração turística de observação de aves.

Reurbanização da cidade

Para que a cidade não cresça de maneira desordenada, além do complexo turístico, há um projeto de reurbanização da cidade. Dessa maneira, até julho de 2022, serão executadas obras para a implementação de esgotamento sanitário, iluminação pública com lâmpadas LED no centro, revitalização da avenida Manoel P. Medeiros, reurbanização da rua Boaventura Lopes e da praça Manoel Pinto de Arruda. Essas obras contam com recursos do BRDE, Cisama, Funasa e Casan.

Além do projeto de reurbanização, repasses do governo e investimentos do setor privado, Urupema passa a fazer parte dos cinco primeiros municípios a se beneficiarem do programa Gente Catarina, destinado a aumentar o IDH de 61 municípios catarinenses. Com isso, a cidade deverá receber incentivos para desenvolver ainda mais áreas como saúde, educação e segurança.

Acesse o canal Descubra a Serra e leia mais sobre as belezas naturais de SC.

Leia também

Qual cidade de Santa Catarina é a mais fria?

Cresol é a 3ª melhor instituição financeira cooperativa para trabalhar

Colunistas