nsc
an

Pandemia

Variante Delta em SC: como o porto de São Francisco do Sul controla a chegada de tripulantes

SC confirmou os primeiros casos importados da variante Delta do coronavírus nesta semana em tripulantes de navio ancorado em São Francisco do Sul

23/07/2021 - 13h15

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Pacientes estavam em embarcação do Porto de São Francisco do Sul
Pacientes estavam em embarcação do Porto de São Francisco do Sul
(Foto: )

Com a chegada de novas variantes do coronavírus detectadas em tripulantes de um navio que ancorado no porto de São Francisco do Sul, medidas de segurança precisaram ser reforçadas. Santa Catarina registrou, nesta semana, os cinco primeiros casos importados de Covid-19. 

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

A SCPAR Porto de São Francisco do Sul informou que as medidas continuam as mesmas desde o início da pandemia. Dentre elas, a tripulação dos navios não desembarcam ao chegar. Eles permanecem no navio.

A SCPAR informou, ainda, que seus funcionários e usuários não tiveram contato com os tripulantes do navio “Aristidis” que apresentaram resultado positivo para a variante delta do coronavirus. Segundo informações da Anvisa, os que necessitaram de internação, no Hospital da Unimed, em Joinville, receberam alta na manhã do dia 20 e retornaram para o navio, onde cumprirão o restante da quarentena.

Joinville atinge 100 mil casos confirmados de coronavírus

O desembarque e o retorno ao navio aconteceram pelo pier em frente ao Hotel Villa Real, no bairro Paulas e, conforme o Porto, respeitando os protocolos sanitários, uso de EPIs, e higienização da embarcação.

A variante delta do coronavírus é mais perigosa e tem sintomas diferentes das outras? Entenda

Pacientes foram atendidos pelo município

A vigilância epidemiológica do município foi acionada pela Anvisa em 17 de julho, para dar suporte ao atendimento de tripulantes positivados para Covid-19 a bordo de navio cargueiro em quarentena na área de fundeio externa do porto de São Francisco do Sul. 

A enfermeira coordenadora de Vigilância Epidemiológica de São Francisco do Sul, Isonir Fernandes, e o médico do setor Covid-19 do Hospital e Maternidade Municipal Nossa Senhora da Graça, Thiago Lisboa, subiram a bordo do navio Aristidis para avaliação de 8 tripulantes.

Dos 22 integrantes da tripulação, 14 estavam positivados para Covid-19. Oito apresentavam queda do estado geral, sendo que quatro apresentaram situação mais grave e foram removidos da embarcação, levados em lancha até a costa e encaminhados em ambulância privada providenciada pela agência marítima para internação no Hospital da Unimed em Joinville.

A variante delta do coronavírus é mais perigosa e tem sintomas diferentes das outras? Entenda

No dia 18 de julho, novamente houve acionamento pela Anvisa e após novo atendimento no navio, mais dois pacientes foram desembarcados e encaminhados para internação.

No momento dos atendimentos, o navio se encontrava a 1 hora de lancha da costa, foi recomendado o fundeio da embarcação em área mais próxima, sem comprometimento da quarentena, para facilitar a monitoração e eventual desembarque de outros pacientes em caso de agravamento do quadro clínico. 

Os tripulantes positivados estão em isolamento dos demais embarcados. O município garantiu que todas as medidas sanitárias estão sendo observadas, seguindo as orientações da Anvisa.

Leia também:

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid-19?​​

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados​​

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Colunistas