nsc
dc

Alerta

SC confirma primeiros casos importados da variante Delta do coronavírus

Pacientes são tripulantes de um navio que está ancorado em São Francisco do Sul

20/07/2021 - 17h22 - Atualizada em: 21/07/2021 - 12h17

Compartilhe

Por Luana Amorim
Resultados foram divulgados nesta terça-feira (20) pela Fundação Oswaldo Cruz
Resultados foram divulgados nesta terça-feira (20) pela Fundação Oswaldo Cruz
(Foto: )

Santa Catarina confirmou os cinco primeiros casos importados de Covid-19 - transmissão ocorre fora do Estado - da variante Delta. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), os pacientes são tripulantes de um navio que está ancorado no porto de São Francisco do Sul, no Litoral Norte.

> Receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Segundo a pasta, o resultado do sequenciamento genômico foi confirmado nesta terça-feira (20) pela Fundação Oswaldo Cruz, após encaminhamento das amostras pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC). A Diretoria de Vigilância em Saúde (Dive) foi notificada em 14 de julho e segue acompanhamento do caso em parceria com a Gerência Regional de Saúde em Joinville e a Secretaria Municipal de Saúde de São Francisco do Sul e Joinville.

Os pacientes, segundo a Dive, estavam no navio M/V ARISTIDIS, de bandeira do Chipre, que chegou ao Estado no dia 13 de julho, vindo da Austrália. Ele também passou por países como Singapura e Índia, sendo a última parada na Ilha de Reunião, no continente da África, em junho. 

Barco onde estão os tripulantes positivados com a variante Delta
Barco onde estão os tripulantes positivados com a variante Delta
(Foto: )

Dos 22 tripulantes do navio, 14 deles positivaram para Covid-19 no dia 13 de julho. Dentre eles, seis precisaram ser internados por apresentarem sintomas moderados em um hospital particular de Joinville. Desses, cinco foram confirmados com a variante. Todos já receberam alta. 

Durante a internação, segundo a prefeitura de Joinville, eles permaneceram isolados, sem contato com outros pacientes e com todo os cuidados de preucação por parte dos profissionais da saúde. Eles já voltaram para o navio e seguem sendo monitorados pela vigilância epidemiológica de São Francisco do Sul e em quarentena, segundo a orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

> Variante Delta: saiba a eficácia das vacinas Astrazeneca, Coronavac, Janssen e Pfizer

> A variante delta do coronavírus é mais perigosa e tem sintomas diferentes das outras? Entenda

O que é a variante Delta? 

A primeira aparição da variante Delta ocorreu na Índia, em outubro de 2020. Em maio desse ano, após ser associada ao agravamento da pandemia, a cepa foi declarada como variante de preocupação pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Até o dia 19 de julho, já foram confirmados 110 casos da variante no Brasil. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, ela já apresenta transmissão comunitária. 

Novas variantes do coronavírus

Leia também: 

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid-19?

Florianópolis paga viagem por app para quem for se vacinar contra a Covid; saiba como conseguir

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

​Efeitos colaterais da CoronaVac; veja as reações mais relatadas​

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Colunistas