Deputado federal pelo PSOL, Ivan Valente defendeu, em entrevista ao Metrópoles, uma candidatura única de esquerda para derrotar o projeto de reeleição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em 2022. 

Continua depois da publicidade

O parlamentar, no entanto, ponderou que a adesão da sigla à campanha do ex-presidente Lula (PT) depende não só do debate interno do PSOL, mas também de mudanças na relação do Partido dos Trabalhadores com outras legendas.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

> Pacheco: “Não antevejo fundamentos técnicos, jurídicos e políticos para impeachment de ministro do STF”

Valente citou a articulação para a candidatura de Guilherme Boulos (PSOL) para o governo de São Paulo e destacou que o PT precisa reconhecer e dar espaço para outros nomes da esquerda e “combater o seu próprio hegemonismo”.

Continua depois da publicidade

Confira a entrevista completa no Metrópoles, parceiro do NSC Total. 

Leia também

Bolsonaro veta fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões

Justiça determina mudança na entrega de remédios a conveniados da Unimed em SC

Como será a audiência pública que vai discutir a reforma da Previdência de SC

Bolsonaro xinga Barroso com palavrão em Joinville; assista o vídeo

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid?

Como recuperar o paladar depois da Covid

Destaques do NSC Total