nsc
an

Pandemia

Volta às aulas em Joinville é marcada para fevereiro; veja como será

Plano de retorno às aulas e de vacinação contra coronavírus foi anunciado nesta quinta-feira

14/01/2021 - 10h40 - Atualizada em: 14/01/2021 - 11h30

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Aulas presenciais estão suspensas desde março de 2020 por causa da pandemia
Aulas presenciais estão suspensas desde março de 2020 por causa da pandemia
(Foto: )

Joinville está se preparando para o retorno às aulas, após anúncio da previsão de início das vacinações contra o coronavírus na cidade em fevereiro. A data prevista para o retorno é 8 de fevereiro para os alunos, com carga horária mantida. Os professores devem retornar às atividades cinco dias antes, em 3 de fevereiro.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

- Se a aula é das 7 horas às 11h30, a aula será neste horário - explica o secretário Diego Calegari. 

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (14), o prefeito Adriano Silva (Novo) e os secretários da Educação e Saúde falaram sobre como funcionará o retorno, além do planejamento de imunização. Os planos também foram apresentados antes para os vereadores, para que eles tivessem conhecimento das medidas. 

> Com 3 leitos de UTI disponíveis, Joinville e região atingem pior índice no mapa de risco da Covid-19

Conforme o município, o plano de retorno às aulas tem três objetivos: realizá-lo de maneira segura, garantir a aprendizagem dos conteúdos e habilidades e garantir a socialização dos estudantes. 

Aulas serão em modelo de turnos rotativos

O modelo de aulas será rotativo, ou seja, metade dos alunos estarão presencialmente em sala de aula com o professor, enquanto a outra metade ficará em casa em formato remoto. Na semana seguinte, os alunos invertem o formato para revezar. 

- Estarão com atividades, conteúdos, com condições para que o aprendizado seja efetivo - garante o secretário. 

Segundo o município, enquanto o professor leciona em sala de aula, haverá outro para tirar dúvidas de alunos que acompanham remotamente. Também haverá um aplicativo para este fim.

- Já vimos no final do ano passado a sobrecarga de trabalho. Enquanto o professor estiver em sala de aula com um grupo de alunos, outro estará à disposição para tirar dúvidas para os alunos que estão em casa - detalha o secretário.

> Sobe de 10 para 13 o número de regiões de SC em risco gravíssimo para coronavírus

Medidas de segurança

Para manter a segurança, serão tomadas algumas medidas em todas as escolas. A temperatura das crianças e profissionais será aferida diariamente, maior controle na higienização das mãos além do uso obrigatório das máscaras. 

A secretaria reforça que as exceções cabem aos servidores públicos e alunos que estejam nos grupos de risco previstos na legislação vigente. Eles devem continuar no modelo remoto.

Merenda escolar

A merenda escolar será distribuída em porções individuais aos alunos. 

Colunistas