Florianópolis

publicidade

Cacau Menezes

Cacau Menezes

Cacau Menezes

A cara, o jeito e o sotaque de Floripa. O colunista da cidade, das pessoas que são destaque, dos bastidores decisivos e dos acontecimentos mais importantes.

Cacau Menezes

((Anderson Fetter/Agência RBS)

Direto da Copa: está faltando cerveja em Moscou

Por Cacau Menezes

21/06/2018 - 03h00

A cerveja está acabando em Moscou. A origem do problema é, claro, o consumo exagerado além do esperado para a Copa. Ao redor do Kremlin e da Praça Vermelha, milhares de torcedores, vindos de todas as partes do mundo, bebem o precioso líquido em canecas gigantes. No bar Gogol, adeptos do futebol beberam 800 litros de cerveja em três dias.    TAQUICARDIA O estoque de tranquilizantes das farmácias no Brasil diminuiu bastante nos últimos dias por causa do jogo de amanhã..   CADÊ VOCÊS? Cansei de procurar, e eles sempre foram muito alegres. Quem sabe amanhã contra a Costa Rica em São Petesburgo? Mas ainda não encontrei um único torcedor, ao contrário das outras Copas, com a camisa do Grêmio de Porto Alegre na Rússia. Fazem falta.   HOTEL CORINTHIA Brasileiros estavam na frente do hotel da Seleção na noite de ontem. Confira a conversa que tivemos: 

Continuar lendo
(Diorgenes Pandini, DIário Catarinense)

Direto da Rússia: aplicativo de paquera registra pico de utilização na Copa do Mundo

Por Cacau Menezes

20/06/2018 - 18h24

O aplicativo de paquera Tinder vem registrando picos de utilização em dias de jogos da Copa em cidades como Moscou e São Petersburgo. Segundo levantamento do jornal econômico Vedemosti, as maiores operadoras de celulares russas são unânimes a cerca do fenômeno. A MTS, por exemplo, registrou 11 vezes mais tráfego de dados do aplicativo na capital em dias de jogos.  Nas sedes maiores, a Copa virou um grande evento social nas ruas. As vias para pedestres no centro de Moscou e São Petersburgo viraram uma espécie de festa constante. O namoro online acaba virando febre.   Confira também as publicações de Roberto Alves    

Continuar lendo
Divulgação

Furto de motores de barcos de pesca

Por Cacau Menezes

20/06/2018 - 09h59

Recebi agora de um amigo de Florianópolis, Felipe Caldas, o seguinte relato: "Bom dia, Cacau! Gostaria de pedir, se possível, para divulgar. Essa noite (19), furtaram dez motores de barcos de pesca nos ranchos dos pescadores da Costeira. Quase todos dependem desses motores para pescar e sustentar suas famílias. Foram furtados: 2 yamaha de 4 hp 1 yamaha de 15 hp 1 yamaha de 25 hp 1 mercury de 9.9 hp 2 mercury de 8 hp. 3 mercury de 3.3 hp Agradeço desde já. Quanto mais for divulgado maior a chance de recuperar esses motores."

Continuar lendo

Vergonha

Por Cacau Menezes

20/06/2018 - 09h53

Não se trata de um fato isolado, de menor importância ou merecedor de panos quentes. Reflete a nossa sociedade, falta de educação e ausência de valores. É cultural. Temos a mesma atitude com turistas de língua estrangeira no Brasil. Fizemos o mesmo quando da Copa do Mundo de 2014, inclusive como quadro de programa "humorístico" já extinto. Todo cidadão no exterior deve ter em mente, e postura, de que representa o seu país, como se um embaixador fosse. Não só a cidadã russa foi agredida com aquele vídeo de um bando de homens, certamente bêbados, gritando palavras vergonhosas para uma mulher russa, no seu país, como se estivessem numa festa.  Não só as mulheres foram desrespeitadas. A Rússia, ora nação do futebol mundial, foi agredida, aviltada. Deportação? Seria um prêmio, que fiquem por aqui, sob as leis de Putin e rezando para que essa mulher que violentaram não seja parente, namorada ou esposa de algum membro da máfia russa. Leia também: Brasileiro de vídeo de assédio a russa define caso como "brincadeira de mau gosto" Grupo de brasileiros se desculpa por homens que assediaram mulher na Rússia Assédio de brasileiros: preconceito é questão cultural no país, apontam especialistas

Continuar lendo
(Adrian Dennis, AFP)

Cristiano Ronaldo: postura de ídolo

Por Cacau Menezes

20/06/2018 - 03h55

Vídeo feito pelo celular de um cidadão qualquer mostrando Cristiano Ronaldo descendo do ônibus, onde estava a seleção de Portugal depois do empate contra a Espanha – quando o melhor jogador do mundo fez os três gols do seu país –, para atender um menino que com a camisa do R-9 chorava na calçada por não ter conseguido vê-lo, viralizou no Brasil, onde nossos jogadores com enormes fones nos ouvidos não olham para ninguém, não falam com ninguém, não abraçam ninguém, não sorriem para ninguém, não batem fotos com ninguém, como se o mundo fosse só deles. Um ídolo mundial precisar ter humildade e educação para ir adiante. E Cristiano tem. Que sirva de exemplo aos candidatos.    Veja as fotos da Coluna do Cacau   Chuva e frio em São Petersburgo Seis dias em Rostov com cara de verão, sol a pino, céu estrelado, o melhor clima do mundo. Um dia em São Petersburgo, e outra realidade: frio, vento e chuva, com a cara de Floripa de junho. Com direito a sol no fim do dia.   Nestas alturas, bom mesmo é estar vivo, independente do tempo lá fora e do lugar que estamos. Eu e você.    Maradona de jatinho na Rússia Diego Armando Maradona, com um jatinho à disposição, veio com amigos e amigas para a Rússia para fazer festa. Está impossível o homem. Desfrutando do seu prestígio e fazendo o que gosta e o que muita gente não gosta que ele faça. Diego é autêntico, sempre teve personalidade e atitude e se fez, ou continua fazendo alguma coisa de errado,  faz a si mesmo e não aos outros.    Veja também as publicações de Roberto Alves e Diorgenes Pandini   Neymar mudou o cabelo Segunda-feira, comentei aqui nesta coluna que diante da reação universal com o cabelo do Neymar domingo, ele não teria outra saída a não ser mandar de volta pra casa seu cabelereiro particular que trouxe para a Rússia.  E ontem fiz outra brincadeira dizendo que já tinha gente fazendo um bolão para saber o cabelo que ele jogaria sexta-feira contra a Costa Rica? Ontem mesmo o craque brasileiro tratou de responder, publicando foto no instagram com a mãe e ao lado do discreto e eficiente Philippe Coutinho. Ou seja, agora será comentado –  elogiado ou criticado – pelo que vai (ou não) jogar. Simples assim!   ​Leia outras publicações de Cacau Menezes​

Continuar lendo
(Anderson Fetter/Agencia RBS)

A Islândia conquistou a minha torcida

Por Cacau Menezes

20/06/2018 - 03h35

Dá para não torcer, alguém faz a pergunta? O técnico da Islândia é dentista. Os jogadores são advogados, eletricistas, pescadores. E o goleiro que pegou um pênalti de Messi é cineasta. Depois do treino, eles vão para o pub beber cerveja. Não recebem salários, apenas uma "ajuda de custo". Nenhum usa brinco, tatuagem, mala Louis Vitton ou terno que brilha. Até poderiam usar, se essa fosse a vontade deles. Cada um usa o que quer, se o dinheiro for conseguido com seu trabalho. Mas na Islândia isso não faz a mínima diferença. A população do país é de uns 350 mil, e 5 mil foram ao estádio torcer.  Já tinha dito isso aqui, alertado pelo amigo Jair da Dinamarca: os vikings da escândinavia que deixaram a Itália em casa iriam surpreender. Deus, salve a Islândia, mas não esqueça que és brasileiro. Veja as fotos da Coluna do Cacau   Assassinato na Flórida XXXTentacion, o  rapper do momento nos Estados Unidos, que fazia grande sucesso no mundo – o cara que eu mais estava ouvindo nos últimos dois meses – jovem, negro, talentoso, sossegado, estiloso, foi assassinado anteontem em Miami depois de ter saído de uma loja onde foi comprar uma moto às 16h, de dia. Já estava  sentado na direção do seu carro, uma BMW de luxo, elétrica, último tipo, seguindo o mesmo fim trágico de 2Pac e Notorious Big. Segundo a polícia, o assassino queria roubá-lo. Fiquei chocado, assim como meu filho, de 21 anos, que me deu a notícia, e os jovens do mundo todo que o admiravam.   Brasileiros na Rússia Aeroporto de Rostov segunda-feira à noite parecia a ponte aérea Rio-São Paulo. Todos os voos para São Petersburgo lotados de torcedores brasileiros com a camisa verde e amarela. Dessa vez, ninguém bêbado.    Mudanças na Argentina Técnico da Argentina, Jorge Sampaoli, resolveu mexer na equipe e vai mandar para o banco dois jogadores amigos de Messi: Di Maria e Biglia. Sampaoli quer um time mais para agradar seu estilo do que agradar o estilo de Messi. Pelo jeito, resolveu botar a bola debaixo do braço e dizer: "Aqui quem manda sou eu."   Noite russa é curta Embarcamos em um avião em Moscou às 20h40min de segunda-feira para São Petersburgo, e após duas horas estávamos vendo o sol dando o ar da graça depois da curta noite. Aqui tudo é dia. Para dormir é um horror.   Hotéis russos Os hotéis da Rússia são enormes, independente das estrelas. Alguns até com mil quartos, que são pequenos:  cama, banheiro, frigobar, tevê e deu pra bola. Turista existe para andar, chutar lata, conhecer a cidade. Os hotéis são apenas dormitórios, embora grandes.   ​Leia outras publicações de Cacau Menezes​ Veja também as publicações de Roberto Alves e Diorgenes Pandini

Continuar lendo
Pascal GUYOT, AFP Photo

Copa nas redes: Neymar conquista 1,2 milhão de seguidores em uma semana

Por Cacau Menezes

19/06/2018 - 11h18

(Foto: Pascal Guyot, AFP Photo) Um torneio à parte da Copa do Mundo ocorre nas mídias sociais e para avaliar o impacto dos preparativos e da estreia da seleção brasileira no mundial, o IBOPE Repucom monitorou a evolução no volume de seguidores dos jogadores da seleção nas principais mídias sociais. Comparando com os volumes de seguidores da última semana (11/06), quem lidera em ganho de novos inscritos nas mídias sociais é o atacante Neymar, amado e odiado, que somou mais de 1,2 milhão de novos seguidores no período, 67% deles só em sua conta oficial no Instagram. Leia também: Neymar corta o cabelo e muda o visual Apenas como comparação, entre todos os jogadores monitorados, o atacante brasileiro fica atrás de Cristiano Ronaldo que somou 1,5 milhões de seguidores, e a frente de Lionel Messi com 740 mil novos inscritos em suas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e YouTube). Segundo o levantamento, o Instagram tende a ser a plataforma preferida entre os que buscam seguir os atletas. "Num evento com visibilidade global, as mídias sociais são um canal importante para os fãs acompanharem mais de perto os bastidores e buscarem conteúdos exclusivos da seleção e dos atletas, neste contexto as mídias sociais dos atletas se tornam um canal cada vez mais efetivo para ampliar o alcance das ativações dos patrocinadores", comenta José Colagrossi, diretor executivo do IBOPE Repucom. ​Acompanhe a cobertura da Copa do Mundo 2018​

Continuar lendo
Exibir mais
Cacau Menezes

Cacau Menezes

Cacau Menezes

A cara, o jeito e o sotaque de Floripa. O colunista da cidade, das pessoas que são destaque, dos bastidores decisivos e dos acontecimentos mais importantes.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação