A advogada Daniela Teixeira foi a sexta mulher a ser empossada ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em cerimônia nesta quarta-feira (22). Na ocasião, assumiram também outros dois ministros. Na foto, o vice-presidente nacional da OAB, catarinense Rafael Horn, ao lado da nova ministra.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Os dois compartilharam trajetória na Ordem desde 2010, quando atuaram como conselheiros federais da OAB e se envolveram em pautas de interesse da advocacia, como as prerrogativas e a ampliação do direito de defesa.

A cerimônia de posse ocorreu no Plenário do STJ, em Brasília. Daniela Teixeira é brasiliense e integrou a lista tríplice formada pelo Pleno do STJ, a partir de uma lista com seis nomes apresentada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

-Mais um dia histórico para a advocacia. Temos a convicção que a nova ministra honrará a missão de bem representar a advocacia perante o Tribunal da Cidadania – disse Horn.

Continua depois da publicidade

A ampliação do número de mulheres nos cargos de maior destaque e no topo da carreira do Judiciário é uma das pautas prioritárias do Supremo Tribunal Federal (STF) segundo o próprio presidente, ministro Luís Roberto Barroso. Em Santa Catarina, por exemplo, as mulheres correspondem a 15% dos desembargadores do TJSC.

Leia mais:

O que Lula disse sobre enchente em SC e liberação de recursos

Senadora Ivete da Silveira recebe comenda da Ordem do Rio Branco em Brasília

Agricultores de SC afetados por enchentes terão crédito e renegociação de dívidas, diz ministro

Grupo coordenado por Jorge Goetten propõe Política Nacional de Combate à Violência nas Escolas

Destaques do NSC Total