nsc
    nsc

    Deboche

    Bar avisa e público finge protocolos para enganar fiscais em Florianópolis; vídeo

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    17/04/2021 - 12h25 - Atualizada em: 17/04/2021 - 18h46
    Alertados pelo bar, clientes sentam e fingem que cumprem protocolos
    Alertados pelo bar, clientes sentam e fingem que cumprem protocolos (Foto: Reprodução)

    Imagens de um bar no Centro de Florianópolis, gravadas na noite de sexta-feira, mostram a forma obscena como alguns estabelecimentos têm burlado a fiscalização e colaborado para a circulação descontrolada da Covid-19 em Santa Catarina – com a conivência e cumplicidade dos frequentadores. O local foi interditado neste sábado, graças à gravação. Agora, pode ser multado em até R$ 500 mil.

    > Eventos em SC podem voltar com festa sem dança e até dois músicos no palco; entenda proposta

    As cenas, que foram parar nas redes sociais, mostram a apresentação de uma banda no palco e muitas pessoas dançando, reunidas e sem máscara. O decreto estadual permite apenas apresentações individuais, e veda esse tipo de aglomeração. Em determinado momento, os músicos avisam, no palco, que todos devem sentar porque a fiscalização está chegando.

    > Liberar festas 'sem dança' em SC é piada de mau gosto

    A banda é substituída por música ambiente e os frequentadores, que desrespeitam as regras vigentes para controle da pandemia, se prestam ao papelão de fingir o cumprimento de protocolos. A Guarda Municipal de Florianópolis aparece, em ação conjunta com o Procon, e encontra o estabelecimento funcionando de forma regular. Quando os agentes dão as costas, a festa recomeça.

    O modus operandi não é exclusividade do bar em questão, e nem restrito à Capital. A prática de burlar a fiscalização com a conivência dos clientes é bem conhecida em SC e se espalhou em boa parte do Litoral. A diferença é que, desta vez, ela foi registrada. E a vergonha ficou explícita. Ricardo Pastrana, subcomandante da GM na Capital, diz que há informações de que bares e baladas estão colocando ‘olheiros’ para avisar sobre a chegada da fiscalização.

    > Médicos de SC receitam nebulização com hidroxicloroquina para tratar Covid-19

    É frustrante para os agentes, que arriscam a própria saúde e a de suas famílias dentro dos bares transformados em ‘covidários’, saber que fazem isso em vão. São expostos e ridicularizados por um bando de inconsequentes incivilizados, para quem a vida alheia não tem valor algum. 

    É uma pena que não tenhamos um bom rastreio da Covid-19. Em uma pandemia que mata centenas de catarinenses todos os dias, em que famílias amargam a espera por um leito de UTI que talvez não chegue a tempo, quem se presta a promover e a participar de uma palhaçada como essa merecia saber a dimensão do estrago que faz.

    O que diz o bar

    Em nota, o Lontra Bar disse que o vídeo foi gravado ao final da noite, "quando as pessoas já não respeitavam mais as medidas de distanciamento". A casa informou também que segue as determinações, reduziu o público e mantém as mesas afastadas.

    "A fiscalização está sendo respeitada, tentamos fazer a nossa parte e contamos com a colaboração dos nossos clientes, que são maiores de idade e responsáveis também pelos seus atos", informou.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Mais colunistas

      Mais colunistas