nsc
nsc

Política

Bilionário e bolsonarista, Luciano Hang testa reações para candidatura ao Senado por SC

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
21/11/2021 - 06h01
Fator Luciano Hang mexe com costuras para o Senado em SC
Fator Luciano Hang mexe com costuras para o Senado em SC (Foto: Reprodução)

A disputa para senador terá apenas uma vaga em cada Estado em 2022. Dario Berger (MDB), candidato natural à reeleição por SC, tenta viabilizar seu projeto para concorrer ao governo e tem dito que não quer disputar mais o Senado.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Dario tem um perfil mais ao centro entre os três senadores catarinenses. Fora da disputa pela cadeira, aumenta as chances da representação de SC virar os ponteiros mais à direita a partir de 2022. Jorginho Mello (PL) e Esperidião Amin (PP) estão mais próximos de Bolsonaro– Jorginho é inclusive vice-líder do governo no Congresso, e fez parte da tropa de choque bolsonarista na CPI da Covid. Assim como Dario, Amin e Jorginho também estão na lista de pré-candidatos ao Governo do Estado.

Daniela Reinehr no PL de Jorginho Mello encerra divórcio da vice com Moisés

A onze meses das eleições, as costuras para oficializar as candidaturas à cadeira disponível ainda engatinham e dependerão de acordos que estão por acontecer. Mas uma tendência sobressai à direita: o fator Luciano Hang. Em todas as conversas de bastidor sobre a viabilização de candidaturas ao Senado, a hipótese do bilionário empresário bolsonarista estar na disputa entra na conta.

Justiça suspende lei que autorizou educação domiciliar em Chapecó

Popular e próximo de Bolsonaro, Hang pode levar outras pré-candidaturas a saírem de campo. Como a do deputado estadual Kennedy Nunes (PTB), que trocou de partido para viabilizar a disputa pelo Senado na raia bolsonarista, mas abriria mão de concorrer com Hang.

Até agora, o empresário não definiu se entrará com os dois pés na política partidária. Pelo menos, não oficialmente. Na política, pouca gente apostaria hoje em sua candidatura – a maioria vê em seus movimentos apenas um balão de ensaio. Nos negócios, a percepção é outra. O empresário tem manifestado intenção de entregar mais responsabilidades para os dois filhos, que já dividem com ele a administração das empresas. O que seria um sinal de mudança de rumo.

Ainda sem partido, Hang, que já foi filiado ao MDB e hoje flerta com legendas mais alinhadas ao bolsonarismo, como o PL, tem testado a reação de eleitores em potencial nas redes sociais. Epecialmente em assuntos polêmicos, como a PEC dos Precatórios – o que nem sempre lhe rende elogios. Para quem pretende ingressar na política, é um aperitivo de como as coisas funcionam o outro lado do balcão. 

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia mais:

Por que o alargamento da praia em Balneário Camboriú atraiu tubarões

Prédio mais alto da América do Sul tem Neymar, Luan Santana e números recordes em Balneário Camboriú

Polêmico, uso de fuzis por Guardas Municipais chega a SC

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas