nsc
nsc

Análise

Bolsonaro acerta ao sobrevoar em SC áreas atingidas por tragédia

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
19/12/2020 - 14h32 - Atualizada em: 20/12/2020 - 07h42
Bolsonaro acertou ao sobrevoar áreas atingidas por enxurrada em SC
Bolsonaro acertou ao sobrevoar áreas atingidas por enxurrada em SC (Foto: Luiz Carlos Souza)

O presidente Jair Bolsonaro acertou em desviar o roteiro de sua viagem a lazer a Santa Catarina, neste sábado, para sobrevoar as áreas mais atingidas pela enxurrada da última quinta-feira, que deixou um rastro de destruição e morte no Alto Vale. Para além do auxílio formal do governo federal – que é muito necessário e bem-vindo - a presença do presidente da República significa um aceno, um sinal de solidariedade.

> Arroubo ‘estadista’ de Bolsonaro em SC durou pouco

> Bolsonaro sobrevoa áreas atingidas na tragédia de Presidente Getúlio, em SC

> Bolsonaro vai descansar e pescar em Santa Catarina em meio a pressões pela vacina

O auxílio precedeu a viagem presidencial. O secretário Nacional de Defesa Civil, Alexandre Lucas, está no Estado para auxiliar no atendimento às vítimas da tragédia. Equipes do Exército foram escaladas para auxiliar na reconstrução das cidades, e o governador Carlos Moisés (PSL) disse que o governo federal colocou recursos financeiros à disposição. 

​> Bolsonaro em SC: relembre as visitas do presidente ao Estado

O sobrevoo de Bolsonaro, no entanto, não havia sido divulgado previamente e pegou as autoridades de surpresa. O secretário nacional de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Junior, que acompanha a comitiva, disse que a iniciativa partiu do presidente. O roteiro original, de pesca e descanso em São Francisco do Sul, ficou para a segunda etapa da viagem. 

> Formatura da PRF com Bolsonaro em SC tem aglomeração e desrespeito a regras sanitárias

O desvio de rota foi uma ‘bola dentro’, que destoa de algumas das ações da Presidência da República nas últimas semanas. Especialmente quando o assunto é a pandemia. 

Bolsonaro desprezou a gravidade do novo coronavírus, deu corda para os negacionistas e politizou a vacina, tão necessária para retornarmos ao bom e velho ‘normal’. A viagem a SC ocorre em meio a uma grande pressão em Brasília para que o governo federal dê conta de colocar em pé um enleado Plano Nacional de Imunização, e para que consiga negociar o maior número possível de doses. Está claro que ficamos para trás na corrida pela vacina, e o Ministério da Saúde terá que reverter o prejuízo.

Em julho, quando o presidente fez uma visita-relâmpago ao Estado após a passagem do ciclone bomba, escrevi que ele havia decepcionado Santa Catarina. Em novembro, chamei atenção para a aglomeração e o desrespeito às regras sanitárias durante a participação de Bolsonaro na formatura da PRF, em Florianópolis. Desta vez, é preciso dizer que o desvio de rota foi um ato de estadista. Tomara que essa faceta de Bolsonaro tenha vindo para ficar.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas