nsc
nsc

Infraestrutura

Como será construído o túnel subaquático que ligará Itajaí e Navegantes

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
19/07/2021 - 12h17 - Atualizada em: 21/07/2021 - 06h29
Rio Itajaí-Açu, entre Itajaí e Navegantes
Rio Itajaí-Açu, entre Itajaí e Navegantes (Foto: Luiz Carlos Souza, Arquivo NSC)

A proposta de um túnel subaquático para ligar Itajaí e Navegantes, no leito do Rio Itajaí-Açu, prevê o uso de uma técnica chamada de túnel imerso. O mesmo modelo é avaliado para a construção de um túnel ligando Santos a Guarujá, no Litoral de São Paulo. Em regiões portuárias, como Santos e Itajaí-Navegantes, o diferencial do túnel é a possibilidade de garantir a mobilidade urbana sem atrapalhar o vaivém dos navios.

Receba as principais informações de Santa Catarina pelo WhatsApp

Na técnica de túnel imerso, uma trincheira é aberta no fundo do rio, para receber a estrutura de concreto. Cada peça do túnel é construída separadamente, em concreto armado, e posteriormente é encaixada na trincheira.

Flutuação

Para que isso ocorra, as peças do túnel são vedadas e cheias de água. Isso é fundamental para que elas flutuem no rio. Rebocadores levam a estrutura até o local onde ela deverá afundar, e garantem que ela seja encaixada na posição correta, com auxílio de pontes flutuantes e equipamentos eletrônicos.

Receba as principais informações de Santa Catarina pelo WhatsApp

Reservatórios de água que aumentam o lastro das peças vão sendo lentamente esvaziados, para que elas submerjam até o ponto exato de encaixe. Isso é feito por meio de dutos de exaustão.

Montagem

Quando as peças estiverem posicionadas no fundo, guinchos hidráulicos vão aproximar umas das outras. Ao final do processo de acoplagem, bombas injetam ar dentro do túnel e a pressão da água, no lado de fora, força a fixação das estruturas de concreto.

Luciano Hang trocou helicóptero por chocolate

Como será

O túnel Itajaí-Navegantes deverá ficar na região da Barra do Rio, alguns quilômetros à montante da principal travessia por ferry boat. São previstas seis pistas para trânsito de veículos - duas delas exclusivas para transporte público – e uma célula central para travessia de pedestres e ciclistas, com possibilidade de instalação de uma esteira para agilizar o trajeto.

O projeto de construção avançou nos últimos dias com o pedido de financiamento internacional, em um pacote de US$ 500 mil para obras de mobilidade urbana na região da Foz do Itajaí-Açu. Só para o túnel, que deverá ter 300 metros de comprimento, a previsão de gastos é de US$ 200 milhões.

O Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) está disposto a financiar a obra – mas, como se trata de um financiamento externo, ainda depende de autorização federal.

Na travessia Santos-Guarujá, o túnel é o foco de uma campanha, chamada “Vou de Túnel”. Um abaixo-assinado a favor do projeto já coletou mais de seis mil assinaturas.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia também

Teve reação à vacina da Covid-19? Saiba o que fazer​​

Vídeo flagra meteoro do tamanho de uma bola de basquete no céu catarinense​​

Variante Delta: veja a eficácia de cada uma das vacinas da Covid

O que falta para levar Pazuello à cadeia?

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas