nsc
nsc

Política

Contra o passaporte da vacinação, deputados legislam em causa própria

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
02/12/2021 - 13h26 - Atualizada em: 02/12/2021 - 13h28
Deputados debatem projetos que impedem passaporte da vacina em SC
Deputados debatem projetos que impedem passaporte da vacina (Foto: Jeferson Baldo/Agência AL)

Dos 40 deputados estaduais catarinenses, apenas dois afirmam que não se vacinaram contra a Covid-19. São eles Jessé Lopes (PSL) e Sargento Lima (PL), que informou por meio de sua assessoria não ter intenção de se vacinar. Outros três parlamentares não responderam ao questionamento feito pela coluna: Ana Campagnolo (PSL), Kennedy Nunes (PTB) e Ricardo Alba (PSL). Todos são apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, que diz que não se vacinou e impôs sigilo de 100 anos em seu cartão de vacinação. 

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O levantamento foi feito pela coluna ao longo das últimas semanas, tendo como base o registro da vacinação divulgado pelos próprios deputados e informações prestadas pelas assessorias. A maioria dos parlamentares, da direita à esquerda, publicou nas redes sociais fotos e vídeos do momento em que recebia a vacina e estimulou os seguidores a fazerem o mesmo. 

Catarinense muda rotina na África por medo da variante Ômicron: "Incerteza"

A recusa de uma pequena parte do Parlamento catarinense à vacina chama atenção no momento em que o Estado alcançou a marca trágica de 20 mil mortes causadas pela doença. Mesmo com o surgimento da nova variante, que enche a população de medos e dúvidas, a Assembleia Legislativa debate projetos de lei que tentam impedir o Estado de adotar o passaporte da vacina. A medida foi adotada em diversos países no mundo como estímulo à vacinação, comprovadamente eficaz na redução de internações e óbitos.

Senado rejeita indicação de juiz de SC para Conselho Nacional do MP

Entre os projetos que impedem o passaporte da vacina para os catarinenses, um é do deputado Sargento Lima: ele não se vacinou e não teria direito ao comprovante de vacinação. Outro é da deputada Ana Campagnolo, que se recusou a informar se está vacinada. Ela também é relatora de um terceiro projeto, apresentado pelo deputado Felipe Estêvão (PSL). A maior parte da população catarinense aderiu à vacinação contra a Covid-19. Mas esses projetos mostram que, na luta contra o passaporte, deputados lesgilam em causa própria.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia mais:

Por que o alargamento da praia em Balneário Camboriú atraiu tubarões

Prédio mais alto da América do Sul tem Neymar, Luan Santana e números recordes em Balneário Camboriú

Polêmico, uso de fuzis por Guardas Municipais chega a SC

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas