nsc
nsc

Alerta

Grande Florianópolis amanheceu com apenas três vagas de UTI para pacientes com Covid

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
22/02/2021 - 10h47 - Atualizada em: 22/02/2021 - 14h33
Maioria das regiões de SC tem no máximo 10 leitos livres
Maioria das regiões de SC tem no máximo 10 leitos livres (Foto: Ronaldo Schemidt/AFP)

A pressão da nova onda de Covid-19 sobre o sistema de saúde em Santa Catarina reflete em números alarmantes na rede de assistência nos hospitais. Na manhã desta segunda-feira, a Grande Florianópolis tinha apenas três leitos de UTI adulto disponíveis pelo SUS para pacientes com coronavírus.

Alerta em SC: Moisés e prefeitos vão discutir medidas contra o coronavírus

Em todo o Estado, são somente 62 leitos livres na rede pública. Isso significa que, no momento, 711 pessoas estão internadas nas UTIs Covid adulto em Santa Catarina. O Estado tem, ao todo, 773 vagas nessa modalidade. O mais recente índice de ocupação é de 91,98%.

Nove a cada 10 vagas de UTI em Santa Catarina estão ocupadas neste domingo

A situação é crítica em todas as regiões de SC. Na maior parte do Estado, há menos de 10 vagas disponíveis no momento. No Grande Oeste, que enfrentou colapso no sistema de saúde nos últimos dias, os dados da Central de Leitos do Estado indicava nesta manhã somente quatro vagas em UTI para pacientes com Covid-19 pelo SUS.

> Gaúchos fecham praias e restaurantes na divisa com SC para conter Covid-19

Em seguida vêm Planalto Norte e Nordeste, a região da maior cidade de SC, Joinville. Nesta manhã, apenas cinco leitos estavam livres.

Ocupação de leitos de UTI Covid adulto em SC
Ocupação de leitos de UTI Covid adulto em SC
(Foto: )

O Sul do Estado aparecia com 10 leitos, a Foz do Itajaí com 12, e o Vale do Itajaí, que tem maior oferta de vagas no momento, tinha 29. Os números são flutuantes, porque as internações ocorrem a qualquer momento. Esses dados são de domingo (21), às 22h. A Secretaria de Estado da Saúde deve publicar uma nova estatística nesta segunda-feira.

A pressão sobre as UTIs preocupa os especialistas, porque as internações por Covid-19 costumam ser mais longas do que em outras doenças. O prazo é de cerca de três semanas. Antes disso, leitos vagos costumam ocorrer em caso de óbito.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Leia também

Mulher de 41 anos morre por Covid em casa nos braços de marido e filhos em Florianópolis

Identificada jovem que morreu após carro colidir contra árvore em Florianópolis

Com sede em Florianópolis, Peixe Urbano soma dívidas e não pode pagar demissões

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas