nsc
nsc

POLÊMICA DE BRUSQUE

Kit Covid-19 embalado para presente em SC volta à tona com CPI no Senado

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
24/09/2021 - 20h46 - Atualizada em: 25/09/2021 - 10h56
Kit Covid distribuído em Brusque
Kit covid distribuído em Brusque (Foto: Reprodução)

A imagem de um “kit Covid-19” que foi distribuído pela Unimed de Brusque embrulhado para presente, em meados do ano passado, voltou a circular esta semana nas redes sociais. A imagem foi resgatada por internautas em meio às investigações da CPI da Covid que envolvem tratamentos oferecidos por outra operadora de saúde, a Prevent Senior.

Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

O kit de Brusque continha uma combinação de remédios sem eficácia contra a Covid-19 e foi entregue a profissionais da linha de frente e médicos associados como “prevenção”, em julho do ano passado. 

A caixinha continha hidroxicloroquina, ivermectina, vitamina D e zinco. Na época, a cooperativa informou que junto com o kit foi enviado um termo de consentimento, e que as pessoas que receberam os remédios passaram por exames “para excluir doenças que possam ser agravadas pelo uso da profilaxia”.

Embora o caso de Brusque seja diferente da apuração que envolve a Prevent Senior, muitos usuários das redes sociais marcaram os senadores que integram a CPI da Covid nas fotos do kit.

Por que o alargamento da praia em Balneário Camboriú atraiu tubarões

Qual é o risco de ser mordido por um tubarão nas praias de Santa Catarina

A coluna enviou questionamentos à Unimed Brusque. Em nota, a operadora informou que “possui mais de 140 médicos cooperados, e sempre foi assegurado a todos estes profissionais a mais ampla liberdade na indicação de qualquer tratamento em saúde, o qual é prescrito de forma individualizada, asseguradas as características de cada paciente e seu respectivo quadro clínico” - mas não respondeu até quando os kits Covid foram utilizados, e se eles ainda são enviados para os associados ou pacientes. 

Já a Unimed do Brasil diz que sempre enfatizou “a vacinação, o uso de máscaras, a lavagem frequente das mãos e o distanciamento social como as medidas eficazes para evitar a Covid-19”, e que jamais adotou qualquer protocolo ou diretriz nacional indicando o uso do chamado “kit Covid”. 

A operadora informa, no entanto, que houve unidades locais que usaram essa estratégia. “Cabe ressaltar que, como operadoras de saúde, as Unimeds devem respeitar a autonomia dos médicos na definição dos tratamentos, o que levou, em situações pontuais, ao fornecimento de medicação para pacientes com prescrição médica”.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia também

Teve reação à vacina da Covid-19? Saiba o que fazer

Entenda o conflito no Afeganistão com volta do Talibã ao poder em 10 perguntas e respostas​​​​

Variante Delta: veja a eficácia de cada uma das vacinas da Covid​​

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas