nsc
    nsc

    Pandemia

    Por que é cedo para comemorar SC ‘em queda’ na média móvel da Covid-19

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    29/12/2020 - 17h39 - Atualizada em: 29/12/2020 - 18h00
    Praia na pandemia em SC
    Praia na pandemia em SC (Foto: Ricardo Wolfentbüttel, Divulgação Secom SC)

    Santa Catarina apareceu em ‘azul’ nesta terça-feira (29) no mapa que mostra a média móvel de casos de Covid-19 no país, divulgado pelo consórcio de veículos de imprensa. A cor indica que o Estado tem números em queda – mas ainda não há motivos para comemorar a redução.

    > Painel do coronavírus: confira em gráficos como foi o avanço da doença em SC

    > Com apenas três vagas em UTI, Balneário Camboriú teme colapso na saúde no verão

    Dois fatores, pelo menos, tornam a queda na média móvel incerta. O primeiro deles é o fato de estarmos em período de recesso de fim de ano. Com menos servidores ativos, muitas cidades podem ter atrasado a notificação de novos casos para o Estado. Esse delay já era esperado, e foi um dos motivos para que a Secretaria de Estado da Saúde tenha alterado os parâmetros do mapa de classificação de risco – o receio era de que o atraso pudesse causar uma falsa sensação de melhora.

    > Balada é interditada na Praia Brava pela segunda vez em três dias por promover aglomeração

    Outro ponto de atenção é que a média móvel indica uma tendência, em comparação com a semana anterior. Como houve um pico em meados de dezembro, com mais de 30 mil casos ativos, é esperado que, duas semanas depois, ocorra uma redução. Isso não indica, necessariamente, que o cenário melhorou.

    > Cinemas voltam a funcionar em SC; confira regras e salas que já reabriram

    Neste momento, há ainda 16.911 casos ativos em Santa Catarina. O número é maior do que o pico atingido no inverno, por exemplo, que chegou a pouco mais de 13 mil casos. Isso significa que, ainda que a melhora seja confirmada, o cenário ainda é pior que o do inverno.

    > Quem vai pagar pelas baladas da insanidade em Santa Catarina?

    A ocupação das UTIs tampouco sinaliza melhora. Nesta terça, há 592 pessoas internadas com Covid-19 pelo SUS em Santa Catarina, entre casos confirmados e suspeitos. Desse total, três são crianças e os demais estão em leitos de UTI adulto, que têm em média 85,4% de ocupação no Estado.

    > Com erros e sem convicção, governo catarinense desmonta as próprias regras contra o coronavírus

    Esses dados fazem com que os técnicos da saúde vejam Santa Catarina pintada de azul no mapa móvel com ressalvas. Os números dos próximos dias indicarão se a tendência se queda de confirma, ou a notificação de casos positivos com atraso desestabilizará o cenário.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas