nsc
    dc

    Novas regras

    Cinemas voltam a funcionar em SC; confira regras e salas que já reabriram

    Portaria publicada na segunda-feira (28) regulamentou o funcionamento dos cinemas em todos os níveis de risco

    29/12/2020 - 16h23 - Atualizada em: 29/12/2020 - 17h14

    Compartilhe

    Catarina
    Por Catarina Duarte
    No nível gravíssimo, situação atual de todos as regiões de SC, cinemas podem funcionar com 30% da capacidade
    No nível gravíssimo, situação atual de todos as regiões de SC, cinemas podem funcionar com 30% da capacidade
    (Foto: )

    O funcionamento dos cinemas em Santa Catarina foi autorizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Publicada nesta segunda-feira (28), a portaria 1.010/2020 regulamenta a decisão do decreto 1.027/2020, publicado no em 18 de dezembro, mas que passou a valer no dia 21. O documento permite que as salas de cinema sejam reabertas em todos os níveis do mapa de risco. 

    No nível gravíssimo (cor vermelha), classificação atual de todas as 16 regiões, os cinemas podem operar com ocupação máxima de 30%. Os espectadores devem ficar distantes no mínimo por dois metros, exceto pessoas que morem juntas. 

    A capacidade de ocupação aumenta nos níveis seguintes. No grave (cor laranja) é de 50%, alto (cor amarela), 75% e no moderado (cor azul) de 100%. 

    A portaria estabelece medidas que devem ser cumpridas em todos os níveis, como o uso obrigatório de máscaras por funcionários e espectadores, o distanciamento de 1 metro entre as pessoas e a medição de temperatura. 

    > Com erros e sem convicção, governo catarinense desmonta as próprias regras contra o coronavírus

    O texto diz ainda que os postos de atendimento dos cinemas devem estar equipados com barreiras de proteção e que a entrega de folhetos está proibida. A recomendação da portaria é que se dê preferência à compra de ingressos eletrônicos. 

    Um dia após a publicação do decreto 1.027, a 2ª Vara da Fazenda Pública de Florianópolis determinou que o governo retomasse as medidas mais restritivas. O governo recorreu da decisão e no dia 25 o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) acatou parcialmente o pedido. Assim, o funcionamento dos cinemas foi liberado já a partir do feriado de Natal. 

    Em setembro, uma portaria já havia autorizado o funcionamento dos cinemas nas regiões de nível alto e moderado. No primeiro, o funcionamento era permitido com 50% de lotação, já no segundo, com 100%. Com o novo texto, a ocupação para regiões em amarelo passou para 75%. 

    > Santa Catarina inaugura o verão da calamidade pública

    Os espaços culturais só poderão funcionar, no entanto, em regiões fora de risco grave ou gravíssimo para coronavírus, conforme classificação do governo catarinense. Em relação aos circos, ainda não há definição. 

    Retomada pelo Estado 

    Os cinemas estavam fechados desde março em Santa Catarina, data em que foram notificados os primeiros casos de covid-19. Sem poder receber o público, o setor sentiu o impacto econômico e viu outros setores receberam aval para o retorno 

    — O impacto foi muito grande. Nunca nosso negócio ficou tanto tempo fechado. O cinema, com a restrição de lugares, distanciamento social e com todos os protocolos que estamos adotando, é mais seguro do que várias atividades que permaneceram abertos, pois no cinema as pessoas não ficam interagindo com outros e assistem a um filme, passivamente, sem conversar e com uso de máscaras — comenta o diretor da GNC Cinemas, Ricardo Difini Leite. 

    Paradigma Cine Arte colocou nome de atores e diretores famosos nas cadeiras
    Paradigma Cine Arte colocou nome de atores e diretores famosos nas cadeiras
    (Foto: )

    O GNC tem salas em operação em Joinville, Blumenau, Balneário Camboriú e Criciúma e retomou as operações no dia 21 de dezembro. No intervalo das sessões,é feita a descontaminação do ambiente com quaternário de amônia, por meio de um sistema de pulverização em névoa.

    Redes nacionais como o Cinemark, que tem salas em Florianópolis e Lages, retomaram o funcionamento nesta terça-feira (29). Segundo a rede, no intervalo das sessões será feita a higienização manual das principais áreas de contato de todas as poltronas. 

    > Setor de eventos busca alternativas para sobreviver no meio virtual

    Na Capital, o Paradigma Cine Arte retomou as atividades na segunda-feira. Para atrair o público e respeitar a medida de distanciamento, o local colocou nas cadeiras vazias o nome de diretores e atores famosos. A ideia é que os espectadores assistam aos filmes “próximos” dos ídolos.

    O Cine Show, no Beiramar Shopping, em Florianópolis, voltará apenas em janeiro de 2021. Segundo a assessoria do shopping, a decisão foi tomada em virtude das constantes mudanças nas normas.

    O mesmo acontece com o CineMulti, no Rio Tavares. Segundo o sócio e administrador Fernando Moura Costa, a reabertura não tem data confirmada. A previsão é que as sessões sejam retomadas apenas na segunda quinzena de janeiro de 2021.

    > Painel mostra a evolução da pandemia em SC

    A reportagem tentou contato com a rede Arcoplex Cinemas, que tem salas em São José, Itajaí, Chapecó, Jaraguá do Sul, Blumenau e Araranguá, mas não obteve retorno até o fechamento da reportagem. Contudo, o site da empresa informa horários em todos os municípios citados já a partir desta terça-feira. 

    Leia mais: 

    Com apenas três vagas em UTI, Balneário Camboriú teme colapso na saúde no verão

    Em carta aberta 20 entidades defendem hotelaria e eventos em SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas