nsc
nsc

Obras

Anel Viário e binário, obras alcançam etapas decisivas em Criciúma

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
12/08/2021 - 16h23 - Atualizada em: 12/08/2021 - 16h24
Local onde o asfalto do Anel Viário acaba, na Vila Zuleima
Local onde o asfalto do Anel Viário acaba, na Vila Zuleima (Foto: Denis Luciano / NSC Total)

Criciúma vive a expectativa do avanço de duas obras viárias importantes, que vão impactar o trânsito e o desenvolvimento de duas regiões estratégicas. Uma delas é o Anel de Contorno Viário, que ganhará uma extensão com aporte do Governo do Estado. Outra é o binário da Avenida Santos Dumont, que encontra-se em execução fruto de um financiamento internacional captado pela prefeitura.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O Estado lançou, por seu Portal de Compras, nesta quarta-feira (11), o pregão eletrônico para a contratação de empresa que fiscalizará as obras da quarta etapa do Anel Viário de Criciúma, bem como outros investimentos em rodovias da região, as SCs 442, 443 e 445.

Em paralelo, o Município está contratando as empresas que farão os projetos de supressão de vegetação e de desapropriações de áreas no entorno da extensão do Anel Viário a ser pavimentada, um trecho de 2,6 quilômetros entre o atual ponto final do asfalto, logo após o elevado sobre a SC-445, no Bairro Vila Zuleima, e um ponto até a Avenida Luiz Lazzarin, no acesso ao distrito de Rio Maina.

- A licitação está feita. Se não houver recursos, entregaremos na semana que vem a ordem de serviço para a execução desses projetos - confirma o secretário municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Tita Belloli. - Esse foi um compromisso do Município, de fazer esses projetos. Queremos começar logo essa importante etapa - destaca.

Trecho da estrada que será aproveitada para extensão do Anel Viário
Trecho da estrada que será aproveitada para extensão do Anel Viário
(Foto: )

Com esses projetos, que estão custando R$ 200 mil à prefeitura de Criciúma, será possível fazer o encaminhamento junto ao Governo do Estado, que já assumiu, pelo governador Carlos Moisés, o compromisso de executar a pavimentação. - Estamos fazendo essa força-tarefa para resolver logo isso - explica o secretário.

> Anel Viário de Criciúma: última etapa da obra aguarda por projeto e licenças

Ainda não se tem noção precisa dos custos que estarão envolvidos. Ocorre que a rodovia a ser estendida já conta com uma alça em estrada de chão, em uma extensão onde há alguns imóveis próximos, o que acarretará custos com desapropriação. Mais diante, em uma parte mais urbanizada, há outros impedimentos que também vão requerer prováveis remoções. - Com o projeto, saberemos o que precisa ser removido. Quando estiver tudo nos projetos, entregamos ao Estado - confirma Belloli.

Essa extensão do Anel Viário de Criciúma vai finalizar uma obra iniciada nos anos 90, e que não ficará completa. Ocorre que o atraso nas execuções das fases ao longo dos anos fez com que o suposto trecho final, adiante da parte que agora será realizada, fosse densamente ocupado, tornando inviáveis as desapropriações. - Mas o Anel Viário cumprirá um importante papel no trânsito e no desenvolvimento - observa o secretário. A etapa mais recente do Anel Viário, a terceira, entre os bairros São Simão e Vila Zuleima, foi inaugurada em 2017

Um dos pontos por onde a obra passará em Criciúma
Um dos pontos por onde a obra passará em Criciúma
(Foto: )

Elevado no binário: licitação em andamento

Está em obras o binário da Avenida Santos Dumont, no Bairro São Luiz. Com o investimento, haverá um boom comercial e imobiliário na região, que por anos sofreu com uma via esburacada e congestionada. O projeto faz parte do Fonplata I, contratado pelo Município junto ao Banco de Desenvolvimento da Região do Prata em um financiamento de 17 mihões de dólares.

A primeira etapa está em execução. - As pavimentações, as intervenções do canal auxiliar, rede de esgoto, água, internet, telefonia, várias intervenções feitas, hoje estamos com praticamente toda a Santos Dumont asfaltada, tem um trecho a concluir até o fim do mês - comenta o secretário de Infraestrutura. - Depois entraremos com obras de calçadas, ciclovias, muitas obras - aponta.

A via encontra-se bastante revirada, normal de uma obra complexa, o que vem gerando transtornos para o comércio local. Vencida essa etapa, se avança para uma outra, mais complexa, com duas amplas obras de arte: um elevado sobre a própria Santos Dumont, pela Rua Desembargador Pedro Silva em direção à Rodovia Luiz Rosso, que é o acesso Centro de Criciúma à BR-101. Perto dali, sob a Luiz Rosso, será escavada uma trincheira, que fará a ligação da alça do binário entre as ruas Carlos Sampaio e Fioravante Benedet.

Local onde será construído um elevado nos próximos meses
Local onde será construído um elevado nos próximos meses
(Foto: )

A empresa que responderá por essa fase da obra será conhecida nas próximas semanas. - Essa parte do elevado e também da trincheira são da segunda etapa, já em licitação. No fim do mês abrimos as propostas das empresas. Vai dar um pouco de transtorno, mas com certeza será uma obra muito importante para escoar o trânsito - comenta o secretário.

> Cidades desviaram verba da Covid para cestas de natal e café

Mais 25 milhões de dólares

A prefeitura de Criciúma está em fase final de contratação do Fonplata II, um novo contrato, desta vez de 25 milhões de dólares. Por ele, a meta é conectar o binário da Santos Dumont com a Via Rápida e a Avenida Centenário, por intermédio de uma ampliação da Rua Miguel Patrício de Souza. Assim, a parte oeste de Criciúma terá outra ligação direta com a BR-101.

O mesmo contrato permitirá, ainda, revitalizar 11 quilômetros de vias e implantar 2,5 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas, estruturar um parque ecológico no Morro Cechinel e estender por mais 1 quilômetro o canal auxiliar ao Rio Criciúma.

Leia também:

> Troca do Distritão por coligações: como votaram os deputados de SC

> Acadêmicos de Medicina de Araranguá denunciam a UFSC ao MPF

> Reitor da UFSC rebate prefeito de Criciúma: "reveja sua fala"

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas