nsc
    nsc

    Coronavírus

    Novo decreto em Lages prevê multa de até R$ 3,5 mil para quem descumprir medidas restritivas

    Compartilhe

    Eduarda
    Por Eduarda Demeneck
    30/07/2020 - 12h54
    Lages
    Novo decreto já está valendo em Lages (Foto: Toninho Vieira / Prefeitura de Lages)

    O novo decreto nº 18.071, com medidas mais restritivas, na cidade de Lages foi assinado nesta quarta-feira (29) e já está valendo. A desta quinta (30), tem multa de R$ 3,5 mil prevista para quem for flagrado fazendo festa, quem terá que pagar é o proprietário do local onde a festa estiver acontecendo, como por exemplo, chácaras, apartamentos e barracões.

    Além disso, tem multa de R$ 354 para quem não estiver usando a máscara nas ruas. Outra mudança, diz respeito aos horários de funcionamento dos estabelecimentos que não vão poder funcionar aos domingos, isso inclui o shopping da cidade. Com exceção das farmácias, restaurantes em sistema delivery e postos de combustíveis que ficam às margens da rodovia, com a loja de conveniência do posto fechada.

    Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    Durante a semana as padarias, lanchonetes, bares e similares devem fechar às 20h. Os restaurantes podem receber o público até às 22h e atendimento interno até às 23h.

    O novo decreto foi assinado justamente no dia em que a prefeitura recebeu uma recomendação da Defensoria Pública de Santa Catarina para suspender todas as atividades não essenciais, inclusive o transporte público, ou seja, recomendou lockdown por sete dias em Lages. A justificativa é o limite que os leitos de UTI Covid vêm operando na cidade, com quase 100% de ocupação.

    > “Estamos numa situação bastante difícil”, diz prefeito de Joaçaba sobre a falta de leitos de UTI Covid na região

    Nesta quinta-feira (30) a taxa de ocupação nos dois hospitais Nossa Senhora dos Prazeres e Tereza Ramos é de 92%.  

    A prefeitura tem até segunda (03), para responder se vai acatar ou não a recomendação. A prefeitura de Lages informou que está analisando o pedido.

    Justiça determina a abertura dos nove leitos de UTI Covid no HTR

    Hospital Teresa Ramos
    Hospital Teresa Ramos
    (Foto: )

    Nesta quarta-feira (29) O juízo da comarca de Lages determinou ao estado que coloque em funcionamento os nove leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com COVID-19 no Hospital Tereza Ramos. Outra determinação é sobre a contratação de uma equipe multidisciplinar para atuar na unidade.

    > Médico de Lages morre vítima de coronavírus aos 55 anos

    Na semana passada a previsão era que 20 novos leitos de UTI Covid fossem abertos em Lages, mas só 11 começaram a operar, 10 no hospital Nossa Senhora dos Prazeres e um no hospital Tereza Ramos. A unidade tem mais nove leitos de UTI prontos para funcionarem, equipados com respiradores, que estão parados desde maio.

    Sobre a determinação, a Secretaria de Estado da Saúde informou que se manifestará na justiça. Mas, na quarta-feira (29) divulgou que o HTR vai ativar os nove leitos de terapia intensiva para tratamento da Covid-19 até sexta-feira (31). Sobre a contratação de profissionais o governo está chamando os aprovados nos processos seletivos 027/2019, 031/2019, 017/2020 e 019/2020. 

     ​> Pousadas, vinícolas, restaurantes e pontos turísticos são reabertos em Urubici e São Joaquim

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas