Na manhã desta quarta-feira (17), a embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Elizabeth Frawley Bagley fez visita oficial ao governador de Santa Catarina, Jorginho Mello, quando foi recebida na Casa d’Agronômica com honras militares. No encontro, foi assinado memorando de entendimento permanente para relações bilaterais em diversas áreas entre Santa Catarina e os Estados Unidos, o que significa que esse documento não precisará ser renovado a cada ano.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Jorginho Mello, acompanhado de autoridades de Santa Catarina, falou para a embaixadora sobre negócios entre o Estado e os EUA, e sobre potenciais de mais oportunidades a ambos os lados em diversas áreas. Também apresentou um vídeo institucional sobre economia, turismo, serviços e outros diferenciais do Estado.

– Eu recebi hoje a embaixadora dos EUA e pudemos mostrar dados e números do que a gente é exemplo para o Brasil. Esse é o tipo de relação e parceria que é bom para os dois lados, pelo que representamos e pelo que fornecemos dentro da balança comercial brasileira – afirmou o governador.

A embaixadora americana agradeceu o apoio do governo catarinense para aproximar Santa Catarina dos Estados Unidos. Também falou que está ansiosa para continuar as parcerias daqui para a frente, agora renovadas no memorando.

Continua depois da publicidade

– A assinatura deste Memorando de Entendimento dá continuidade à nossa histórica relação bilateral e abre oportunidades de cooperação entre Santa Catarina e os Estados Unidos, especialmente nas áreas de comércio e investimento; saúde, ciência e tecnologia; meio ambiente; agricultura; educação; direitos humanos e segurança pública. Acredito que vamos colher bons frutos – afirmou Elizabeth Frawley Bagley.

Entre as autoridades presentes na reunião com a embaixadora dos EUA estavam a vice-governadora de SC Marilisa Boehm; o presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar; a cônsul-geral dos Estados Unidos em Porto Alegre, Carrie Muntean; a presidente do Instituto do Meio Ambiente de SC (IMA-SC), Sheila Meirelles; e outros representantes do consulado de Porto Alegre.

Também participaram os secretários de Estado de Articulação Internacional, Juliano Froehner; da Fazenda, Cleverson Siewert; de Indústria, Comércio e Serviços, Silvio Dreveck; e do Meio Ambiente, Ricardo Guidi; além do presidente da SCPar, Renato Lacerda.

Com o memorando, foram renovadas as parcerias para cooperação nas áreas de comércio e investimento; saúde, ciência e tecnologia; meio ambiente; agricultura; educação; direitos humanos; cooperação internacional e internacionalização; negócios internacionais; melhores práticas na resolução de problemas administrativos; e segurança pública. O acordo prevê também a definição de metas, parâmetros e resultados claros para o intercâmbio das melhores práticas, tecnologias e serviços.

Continua depois da publicidade

Segundo o governo catarinense, também foi tratado com a embaixadora a possibilidade de intercâmbio de especialistas e a promoção de visitas técnicas. De acordo com o secretário de Articulação Internacional, Juliano Froehner, essa reunião permitirá estreitar ainda mais as relações de Santa Catarina com os Estados Unidos.

– Nós temos a economia, projetos, a indústria que tem presença nos Estados Unidos. E várias indústrias importantíssimas (dos EUA) com presença em solo catarinense e uma grande vantagem competitiva no sentido de apoio tecnológico, logístico e aproximação econômica – destacou Juliano Froehner.

Leia também

Empresário visionário lança livro, filme e revela sonho de construir “uma nova cidade”

Acate chega a 1,7 mil associados e apoio a mais de 20 mil alunos de tecnologia

Parceiras da Döhler oferecem produtos especializados no enxoval do BBB

Fazenda de SC abre inscrições a programa que visa recuperar R$ 1,5 bilhão de ICMS em atraso

Startup de SC fornece tecnologia para novo modelo de crédito acessível no Brasil

Destaques do NSC Total