nsc
nsc

Educação infantil

Bebês em creches públicas de Blumenau recebem banho de ofurô

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
24/05/2022 - 13h42 - Atualizada em: 24/05/2022 - 13h44
Banho integra proposta pedagógica de estimular os sentidos da criança
Banho integra proposta pedagógica de estimular os sentidos da criança (Foto: Divulgação)

Bebês matriculados em Centros de Educação Infantil (CEI) públicos de Blumenau estão tendo acesso a um mimo: banho de ofurô no horário da creche. A prática inclui água aquecida, pétalas de rosas, camomila, velas, decoração e música ambiente. Proposta por uma professora, a iniciativa foi apresentada em uma live da Secretaria de Educação na semana passada e vem ganhando adeptos na rede de ensino.

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Mas o ofurô, neste caso, tem objetivos que vão além do relaxamento. A ideia é proporcionar à criança vivências diferentes daquelas que tem em casa. É um momento de atenção individual, afeto e calma, para quando o bebê está inquieto, sentindo a falta dos pais, por exemplo. Quem propôs a atividade em Blumenau, no início de maio, foi a professora Maiara Regina Zanella, do CEI Robert Barth, na Itoupavazinha.

O ofurô também serve para provocar as famílias a estimular os filhos com experiências sensoriais diferentes no cotidiano, explica Mônica Letícia Deschamps, diretora de Educação Infantil na Secretaria de Educação do município. No CEI Edgar Sasse, na Fortaleza Alta, a prática incluiu músicas indígenas — a unidade está trabalhando este ano com a cultura dos povos originários catarinenses.

— A gente não faz só porque é legal. O bebê está experimentando o mundo e quanto mais complexa for essa experimentação, mais neurônios são ativados no cérebro dele — analisa a diretora do CEI, Maristela Pitz.

Segundo as profissionais de educação, a reação dos pais tem sido de curiosidade e diversão. Já houve família tentando fazer em casa.

Veja fotos do ofurô

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia mais

Um viaduto meia-boca em Navegantes pode travar a BR-101

Nem a estátua de Fritz Müller, em Blumenau, está livre dos ladrões de metal

Arteris propõe nova ponte sobre o Rio Itajaí-Açu na BR-101

Guarda de Trânsito de Blumenau recebe doação de moto da Paraíba

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas