nsc
nsc

Análise

Blumenau vira pedestal para Moisés, com direito a café no Glória e palanque VIP

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
23/06/2022 - 10h01 - Atualizada em: 23/06/2022 - 10h48
Se alguém tinha dúvidas da disposição de Hildebrandt, elas foram dissipadas na quarta
Se alguém tinha dúvidas da disposição de Hildebrandt, elas foram dissipadas na quarta (Foto: Julio Cavalheiro, Divulgação)

A depender do prefeito Mário Hildebrandt (Podemos), Blumenau será palanque VIP para a campanha de reeleição do governador Carlos Moisés (Republicanos) nas Eleições 2022. A quarta-feira (22) teve gestos explícitos de que a parceria é para valer: recepção no Quero-Quero, café no Glória, pavilhão cheio e clima de festa na Vila Germânica. Se alguém tinha dúvidas de que a máquina política municipal trabalhará por Moisés, elas foram todas dissipadas.

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Hildebrandt age como se fosse o candidato a vice da chapa. Passou a semana visitando locais que receberão obras com dinheiro do Estado e publicando vídeos em agradecimento. Mobilizou toda a estrutura política de que dispõe para fazer o blumenauense perceber os R$ 130 milhões prometidos para investimentos futuros como obra de Moisés. No palanque, fez as vezes de pedestal, segurando o microfone para o aliado falar. Imagem simbólica do novo momento da relação.

Na chegada, convidou o governador a parar no Cafehaus Glória, na Rua Humberto de Campos, antes de seguir para a Vila Germânica. Moisés tomou sopa junto do prefeito, do pré-candidato a deputado federal André Espezim (Podemos), do prefeito de Bombinhas, Paulo Müller (que deixou o União Brasil rumo ao Podemos), do presidente da Associação Empresarial de Blumenau, Renato Medeiros, e do secretário de Turismo, Marcelo Greuel (Podemos). Ouviu brincadeiras de que vai acabar comprando uma casa na cidade, piada que ele próprio repetiu ao discursar para o público, logo depois.

Foi recebido na Vila com apresentações culturais, mensagens de crianças e um pavilhão cheio. Na avaliação de observadores locais, Moisés saiu convencido de que Hildebrandt e seus cabos eleitorais entrarão de cabeça na campanha. O principal palanque no maior colégio eleitoral do Vale do Itajaí, o terceiro de Santa Catarina, será só dele. Se preciso for, até com tapete vermelho estendido.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Benefício a cervejeiros de Blumenau vira saia justa na Câmara de Vereadores

Juíza de SC fala muito de si e pouco da criança violentada

Área Azul de Blumenau vai funcionar com papel e caneta por mais tempo

Blumenau joga no lixo 10 mil comprimidos de cloroquina vencidos

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas