nsc
nsc

Análise

Em clima de campanha, Hildebrandt veste o figurino de cabo eleitoral de Moisés

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
23/06/2022 - 09h38
Governador foi recepcionado em Blumenau com festa nesta quarta-feira
Governador foi recepcionado em Blumenau com festa nesta quarta-feira (Foto: Julio Cavalheiro, Secom-SC, Divulgação)

O mundo dá voltas: antes crítico, o prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) agora é um dos principais cabos eleitorais de Carlos Moisés (Republicanos) nas Eleições 2022. A vinda do governador de Santa Catarina a Blumenau na noite desta quarta-feira (22), para uma cerimônia de assinatura de ordens de serviços de obras e anúncios de investimentos, teve clima de comício e campanha antecipados. Para quem ainda tinha dúvidas, está devidamente oficializado o palanque aberto pelo prefeito ao agora aliado, depois de um início de relação conturbado – com queixas de isolamento que partiam somente do lado de Hildebrandt, diga-se. Coisas da política.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Como anfitrião da noite, o prefeito de Blumenau recebeu o governador com casa cheia e inúmeras manifestações de apoio. O setor 4 da Vila Germânica ficou lotado. Mais de 400 cadeiras, todas ocupadas, foram colocadas à disposição dos presentes, fora os que ficaram de pé. Moisés estava à vontade. Tão confortável que distribuiu sorrisos, interagiu com o público e chegou a quebrar o protocolo.

Na plateia, além de assessores, estavam universitários contemplados com bolsas de estudo patrocinadas pelo Estado, atletas que defendem a municipalização do Complexo do Sesi e moradores de comunidades da cidade beneficiados com obras de infraestrutura custeadas pelo governo catarinense. O cerimonial, comandado pela equipe do governador, abriu espaço para falas da reitora da Furb, Márcia Sardá Espíndola, e do presidente da Associação Empresarial de Blumenau (Acib), Renato Medeiros, no que soou como um esforço para amenizar o caráter político e partidário do evento. A mensagem que se quis divulgar era de que a cidade no geral tinha motivos para agradecer.

No palco, além da dupla que protagonizou a noite, também estavam prefeitos de cidades vizinhas que aderiram ao projeto de reeleição de Moisés. Catapultado pelo Plano 1000, o governador tem reiterado o discurso de um governo municipalista, o que soa como música aos ouvidos de cidades de menor porte que geralmente enfrentam mais dificuldades de caixa. Hildebrandt não concorrerá a nada em 2022, mas por vezes encarnou o discurso de candidato ao enaltecer os investimentos direcionados pelo Estado à região.

De Florianópolis vem um rumor de que o prefeito de Blumenau será um dos coordenadores da campanha de reeleição de Moisés. Pelo visto esse trabalho já começou.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Cardápio da Oktoberfest Blumenau 2022 terá rollmops e outras novidades; confira

Prédio com mais de 100 apartamentos será construído ao lado de colégio de Blumenau

Empresa de SP desiste de tentar comprar a Teka, de Blumenau​​

Conselho veta construção de heliponto na Rua XV de Novembro em Blumenau

Dez anos após comprar a catarinense Salfer, Ricardo Eletro tem falência decretada

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas