Operários e máquinas já trabalham na obra do Centro de Convenções de Blumenau, atrás do Galegão. Antes mesmo do ato oficial previsto para terça-feira (28) em que o governador Carlos Moisés (Republicanos) e o prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) assinarão simbolicamente a ordem de serviço, o terreno começou a ser cercado pela empreiteira responsável.

Continua depois da publicidade

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

O trabalho de sondagem do terreno já foi iniciado, assim como a montagem do canteiro de obras. Na semana passada, a prefeitura enviou lei à Câmara de Vereadores que nomina o futuro prédio como Centro de Convenções Paulo França, em homenagem ao ex-secretário que morreu de câncer, em abril.

A Laca Engenharia, do Pará, venceu a licitação para construir o edifício. Serão 11,5 mil metros quadrados distribuídos em três pavimentos com capacidade para cerca de 1,3 mil pessoas e áreas internas para eventos, auditórios e serviços de alimentação. O prazo previsto no contrato é de 300 dias.

O investimento estadual de R$ 38 milhões é um dos trunfos da pré-campanha de Carlos Moisés em Blumenau. O evento, nesta terça, marcará também o lançamento da Oktoberfest.

Continua depois da publicidade

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Quem acreditou na BR-470 com “recursos sobrando” precisa explicar a buraqueira

Hildebrandt ensaia nova parceria com Napoleão em Blumenau quatro anos depois

Tinta em teste na Rua XV pode colorir outras ruas de Blumenau

Kleinübing retorna da Inglaterra e gera especulações sobre futuro político

Destaques do NSC Total