nsc
nsc

PERTO DO COLAPSO

Pacientes de Covid-19 esperam por vaga em UTIs de Blumenau mesmo com "leitos de guerra"

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
16/03/2021 - 21h34
Em 2020, Santa Isabel abriu 10 leitos de UTI no centro cirúrgico, medida que tem sido inviável agora
Em 2020, Santa Isabel abriu 10 leitos de UTI no centro cirúrgico, medida que tem sido inviável agora (Foto: Patrick Rodrigues)

O Hospital Santa Isabel já tem pacientes com quadro grave de Covid-19 à espera de vaga numa Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A informação foi confirmada pelo diretor-técnico da instituição, Marcos Sandrini de Toni, nesta terça-feira (15). O problema ocorre apesar de a prefeitura informar, nos boletins do coronavírus, a possibilidade de ativar mais 20 “leitos de guerra” nos hospitais da cidade.

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.​

Segundo o médico, até o momento, o período de espera tem sido inferior a 24 horas. Os pacientes ficam em leitos no setor de emergência do Santa Isabel até a abertura de uma vaga para tratamento intensivo. Conforme De Toni, ninguém precisou ser intubado enquanto aguardava o atendimento especializado.

— Estamos tentando mantê-los com máscara de Hudson o maior tempo possível e só realmente levá-los para a UTI no momento de fazer ventilação mecânica — explicou.

Máscara de Hudson é um equipamento não invasivo para liberar oxigênio a pacientes adultos com insuficiência respiratória.

Além do Santa Isabel, o Hospital Santa Catarina, que atende pacientes particulares e de convênios, também já havia admitido, semana passada, ter pacientes em leitos semi-intensivos aguardando transferência para UTI. A assessoria de imprensa do Hospital Santo Antônio confirmou que o mesmo problema tem ocorrido em enfermarias e na emergência.

Apesar da espera por leitos de UTI, a prefeitura de Blumenau informa que estão ocupados apenas oito dos 28 “leitos de guerra” passíveis de ativação no município — os 66 leitos mapeados como regulares estão lotados. Mas acionar esses leitos tem se mostrado cada vez mais penoso. Faltam profissionais (130 somente no Santa Isabel) e espaço físico.

De Toni explicou que, no ano passado, 10 leitos do centro cirúrgico do Santa Isabel puderam ser transformados em leitos de UTI porque a demanda gerada por acidentes e outras enfermidades havia caído drasticamente. Não é o caso deste mês de março.

— Se eu for fazer isso hoje, vou causar um problema maior porque vou deixar de fazer cirurgias em pacientes que, se não fizerem, vão morrer. Leitos de guerra vão ser ativados dentro da possibilidade — esclareceu.

> Mãe e filha morrem à espera de leito de UTI em Ituporanga.

Triagem de pacientes

Não à toa os três hospitais que dispõem de UTI em Blumenau anunciaram a adoção de um protocolo para selecionar os pacientes com maiores chances de sobreviver à Covid-19. Em uma entrevista coletiva por vídeo, o diretor técnico do Santa Isabel explicou que o procedimento, estabelecido por entidades nacionais, serve para organizar uma sequência de atendimento, e não para excluir pessoas da possibilidade de receber o tratamento intensivo.

O médico intensivista e coordenador da UTI Coronariana do Santa Isabel, Giovanni Cesar Stolf, disse que os hospitais de Blumenau estão adiantando-se na adoção de um protocolo que deve se tornar estadual:

— Informalmente, o protocolo já vem sendo adotado no Oeste Catarinense. A tendência é que seja unificado, numa iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde.

> Decisão sobre lockdown será discutida por técnicos da saúde nesta quarta.

Prefeitura reconhece dificuldade

O secretário de Promoção da Saúde, Winnetou Krambeck, reconheceu à coluna as dificuldades dos hospitais para implantar novos leitos de guerra. Disse que tem se reunido com frequência com as direções das três casas de saúde para discutir alternativas. Segundo Krambeck, conforme a situação evoluir, novos espaços dos hospitais podem ser adaptados para dar lugar a leitos de UTI para Covid-19.

O governo municipal tem garantido que ninguém ficará sem atendimento. Até esta terça-feira, isso tem se cumprido.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas