nsc
nsc

OSCAR DO QUEIJO

Queijo de Santa Catarina está entre os melhores do mundo

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
08/11/2021 - 18h35 - Atualizada em: 08/11/2021 - 20h14
Nome do queijo Vale do Testo homenageia o rio que corta Pomerode
Nome do queijo Vale do Testo homenageia o rio que corta Pomerode (Foto: Divulgação)

O queijo Vale do Testo, produzido pela Pomerode Alimentos, conquistou lugar entre os melhores do mundo no World Cheese Awards, uma espécie de Oscar do setor. O produto recebeu medalha de ouro na competição, promovida em Oviedo, na Espanha, e que teve 4 mil inscritos. O resultado foi anunciado nesta segunda-feira (8). Só mais um queijo brasileiro, de Minas Gerais, obteve o mesmo reconhecimento.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

O Vale do Testo, da marca Vermont, é um queijo semiduro maturado e lavado periodicamente durante seis meses na fábrica em Pomerode, no Vale do Itajaí. Com sabor que lembra amêndoas, caldo de carne e defumados, ele pode ser servido em tábuas de frios ou derretido em pratos com massas. O nome faz referência ao rio que corta o município. A premiação veio menos de dois anos após o lançamento da receita.

A Pomerode Alimentos é herdeira da tradição queijeira da indústria Weege, fundada há 120 anos. Em 2013, quando chamava-se Latícinios Pomerode, foi adquirida pela família Mendes, fundadora da cervejaria Eisenbahn. Além das famosas bisnagas de queijo fundido, os novos proprietários criaram a marca Vermont, de queijos finos.

— Assim como cerveja, queijo é um negócio milenar na Europa. O Brasil só recentemente começou a dar importância maior a variedade, estilos diferentes e modos de fazer. Está todo mundo aprendendo. É uma premiação fruto da dedicação e do esforço que a gente tem — comemora o empresário Juliano Mendes.

Burocracia

Foi a primeira participação da Pomerode Alimentos em concursos internacionais. A estreia não foi sem emoção. Os queijos brasileiros participantes da premiação enfrentaram barreiras burocráticas do Minisério da Agricultura no Brasil para serem embarcados e também das autoridades espanholas. As amostras chegaram em cima da hora, mas puderam ser avaliadas a tempo.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Empreiteira desiste de construir viaduto em Blumenau e obras vão atrasar

Artistas transformam cooperativa de reciclagem em Blumenau

Trânsito de Blumenau ganha um veículo a cada pessoa que desiste dos ônibus

Blumenau planta 60 mil flores em canteiros por mês; que tal o mesmo carinho com as árvores?

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas