nsc
    nsc

    Tratamento intensivo

    Três hospitais do Médio Vale têm 100% dos leitos públicos de UTI ocupados

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    18/07/2020 - 06h28
    Para não lotar, Hospital Regional Alto Vale instalará novos leitos
    Para não lotar, Hospital Regional Alto Vale instalará novos leitos (Foto: Divulgação)

    Três hospitais do Médio Vale do Itajaí chegaram a este fim de semana com todos os leitos públicos de UTI para adultos ocupados. Na noite de sexta-feira (17), segundo o governo do Estado, não havia mais vagas nos hospitais Azambuja (Brusque), Oase (Timbó) e de Gaspar.

    Os percentuais divulgados pelo governo estadual incluem pacientes de Covid-19 e também de outras enfermidades. Em Brusque, são 19 leitos. Em Gaspar, 10, e em Timbó, 24. 

    ​> Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Também estão em situação crítica os hospitais Bom Jesus, de Ituporanga (90%), Regional Alto Vale, de Rio do Sul (89%) e Santa Isabel, de Blumenau (82,6%). O Vale ainda conta com UTIs do Sistema Único de Saúde (SUS) em Indaial (30% ocupados de 10 leitos), Ibirama (70% de 10) e no Hospital Santo Antônio (78,4% de 37), em Blumenau.

    Em todo o Vale do Itajaí, o índice geral de ocupação das UTIs públicas destinadas a adultos é de 84,4%. Quando leva-se em conta os hospitais dos 14 municípios do Médio Vale do Itajaí, esse percentual sobe para 92%. Os percentuais por hospital foram divulgados pelo Estado pela primeira vez nesta sexta-feira, permitindo inclusive que sejam separados leitos pediátricos, neonatais e adultos.

    Hospital Azambuja havia instalado 10 leitos novos no início do mês
    Hospital Azambuja havia instalado 10 leitos novos no início do mês
    (Foto: )

    Dois hospitais da região devem reforçar o número de leitos nos próximos dias. Em Rio do Sul, o Regional Alto Vale começa a treinar equipes na segunda-feira para pôr em funcionamento mais 10 lugares. Eles ainda precisam ser credenciados junto ao SUS. Equipamentos novos chegaram na sexta-feira.

    No Oase, referência regional para Covid-19, o credenciamento de mais 10 leitos já ocorreu. Eles devem ser ativados em breve. Há a perspectiva de ainda acionar outros oito. Em Brusque, o Azambuja havia instalado 10 novos leitos no início do mês.

    Conta diferente em Blumenau

    A conta de ocupação das UTIs feita pelo governo estadual é diferente da divulgada diariamente pela prefeitura de Blumenau. No percentual municipal, só são computados os 63 leitos de UTI que podem ser usados para tratar pacientes com Covid-19. Por se tratar de doença contagiosa, precisa haver isolamento.

    Porém, a prefeitura computa leitos particulares e de convênios. Por exemplo, o Hospital Santa Catarina, que não atende SUS, está contemplado. Além disso, o dado mistura leitos para adultos com vagas destinadas a crianças e bebês. 

    Conforme o boletim epidemiológico de sexta-feira, 90% dos 63 estão ocupados.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas