O Grupo Zonta, dono da rede de supermercados Condor, anunciou nesta sexta-feira (12) a compra da IBT Plásticos e da IBT Moldes, empresas de Joinville que pertencem ao mesmo grupo econômico. A companhia informou que o investimento nas aquisições soma R$ 30 milhões em um período de dois anos.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de SC por WhatsApp

O negócio permitirá a expansão da Cipla, arrematada em leilão pelo Grupo Zonta no ano passado por R$ 65,9 milhões. Sob nova direção, a tradicional fabricante de plásticos injetáveis joinvilense passou a se chamar Cipla Condor.

Com as novas aquisições, o plano da Cipla Condor é viabilizar um crescimento de 40% em 2024 a partir da fusão das operações, maximizando lucros e aumentando a produção, informou a empresa. Somadas, a IBT Plásticos e da IBT Moldes têm 100 funcionários, que serão incorporados. A equipe passará a ter 350 colaboradores.

O maquinário das empresas adquiridas será transferido gradualmente para a Cipla até a consolidação da produção em um único local. As linhas de produtos de ambas serão mantidas. A empresa diz ainda que a estrutura para o desenvolvimento de novas soluções e serviços também será ampliada.

Continua depois da publicidade

O Grupo Zonta é mais conhecido pelo negócio no varejo supermercadista, que surgiu no Paraná e depois expandiu para Santa Catarina. A companhia também atua nos setores imobiliário, postos de combustíveis, logística, administração de crédito, processamento de carnes e frios e publicidade, somando mais de 13 mil funcionários.

A arrematação da Cipla, que estava em recuperação judicial desde 2019, representou a entrada em um novo nicho de negócio. Com 60 anos de história, a empresa tem uma linha de 900 produtos plásticos para os segmentos hospitalar, automotivo e construção civil e deve começar a produzir sacolas plásticas neste ano.

Leia também

Fachada gigante na Rua XV em Blumenau rende notificação a loja de cosméticos

Atração que ficou fora dos desfiles da Oktoberfest Blumenau ganha espaço em Pomerode

Prestes a completar 100 anos, Altona recorre à arte para contar a própria história

Investimento bilionário da BMW na Alemanha sinaliza para o futuro da fábrica de SC

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total