nsc
nsc

Negócios

Intelbras investe R$ 20 milhões e começa a operar primeira unidade no Nordeste

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
30/06/2021 - 14h14 - Atualizada em: 30/06/2021 - 21h22
Unidade em Jaboatão dos Guararapes funcionará como centro de distribuição para a região
Unidade em Jaboatão dos Guararapes funcionará como centro de distribuição para a região (Foto: Divulgação)

A catarinense Intelbras começa a operar nesta quinta-feira (1º) uma unidade em Jaboatão dos Guararapes (PE), a primeira da empresa no Nordeste. A planta, que recebeu investimento inicial de R$ 20 milhões, vai funcionar como um grande centro de distribuição das soluções feitas pela companhia, maior fabricante nacional de câmeras e equipamentos de segurança eletrônica. A Intelbras não divulgou quantos empregos serão gerados. À coluna, falou em criação de “dezenas” de vagas diretas e indiretas de trabalho.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

A filial em solo pernambucano faz parte de um pacote de investimentos de R$ 460 milhões que a companhia está destinando para expandir os negócios nos próximos anos. Deste valor, R$ 170 milhões serão usados na ampliação da capacidade produtiva e em melhorias logísticas. A Intelbras tem unidades em São José, Florianópolis, Manaus (AM) e Santa Rita do Sapucaí (MG). Recentemente a empresa recebeu licença ambiental para construir uma nova fábrica também em Tubarão, no Sul do Estado.

No Nordeste, a escolha por Jaboatão dos Guararapes se deve à localização, considerada estratégica. A nova unidade fica entre o Porto de Suape e Recife, um polo logístico que tem crescido substancialmente nos últimos anos. Segundo o CEO da Intelbras, Altair Silvestri, com a filial a empresa “estará ainda mais próxima de parceiros e clientes”.

A aceleração da expansão ocorre no rastro da abertura de capital. A Intelbras estreou na Bolsa de Valores em fevereiro depois de captar R$ 1,3 bilhão com uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). Dois meses depois, a empresa desembolsou cerca de R$ 90 milhões na aquisição de 75% da Khomp, focada em soluções de telecomunicações.

Ambos movimentos têm como objetivo fomentar o crescimento sustentável dos negócios, segundo informou a companhia.

Leia também

Disputa familiar que envolve ações da Cia. Hering é alvo de novo processo judicial em SP

Beagle recruta executivo ex-Dudalina e Altenburg para comandar a empresa​​​​

Dona de seis shoppings em SC, Almeida Junior pede registro de companhia aberta​​​​

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas