nsc
nsc

Prioridade

Professores de SC serão vacinados contra a Covid, decide governo

Compartilhe

Raphael
Por Raphael Faraco
12/05/2021 - 19h21
Governador Moisés com os secretários Vampiro e Motta na reunião do colegiado
Governador Moisés com os secretários Vampiro e Motta na reunião do colegiado (Foto: Julio Cavalheiro/Secom)

O governo do Estado decidiu incluir os quase 200 mil profissionais da Educação em SC no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. O que significa que chegando mais doses eles já poderão ser vacinados.

> SC vai receber mais de 150 mil doses da vacina contra Covid-19 nesta quinta

A informação foi confirmada pelo governador Carlos Moisés durante reunião do colegiado realizada nesta quarta-feira (12).

— Nós entendemos a necessidade e a importância da inclusão dos educadores no programa de imunização para que tenhamos ainda mais segurança. Nossos professores estão em sala de aula desde o dia 18 de fevereiro, diferente até de outros estados — destacou Moisés.

Na reunião, o secretário da Educação, Luiz Fernando Vampiro, fez uma apresentação com todos os dados das redes de ensino pública e privada no Estado. 

— A ação é muito importante, é fundamental. Desde o dia 18 de fevereiro estamos em aulas presenciais, somos precursores no país. Por isso os professores e os educadores merecem esse nosso respeito e a nossa responsabilidade em priorizá-los — reforçou o secretário.

Certamente as vacinas para os profissionais da Educação serão disponibilizadas de forma gradativa, assim como acontece com outros grupos prioritários. 

— A data é de acordo com a disponibilidade. Nós temos um problema hoje no mundo inteiro em relação ao quantitativo de doses e iremos à Brasília discutir isso com o Ministério da Saúde, para garantir doses para todas as fases prioritárias, incluindo a Educação — afirmou o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro.

> SC está em alerta para nova onda na pandemia de Covid-19, diz secretário

A Secretaria de Educação já tem um planejamento de imunização definido, com as suas prioridades.

1º grupo - Profissionais que atuam no atendimento presencial

- Educação Infantil (professores e auxiliares);

- Educação Especial;

- Equipe técnica, administrativa e pedagógica (gestão, limpeza, alimentação, orientadores de convivência);

- Ensino Fundamental (professor, segundo professor, auxiliares, intérpretes de Libras);

- Ensino Médio (professor, segundo professor, auxiliares, intérpretes de Libras);

- Ensino Superior.

2º grupo - Profissionais que atuam em Atividade Remota (a ordem seguirá as etapas de ensino da vacinação do 1º grupo)

- Profissionais que são do Grupo de Risco para a Covid;

- Profissionais que atuam em atividade remota, EAD ou similares.

Leia também

> SC prorroga suspensão das cirurgias eletivas, mas deve retomá-las ainda esta semana; entenda

> Nova rodovia em SC é a aposta do Estado para desafogar trânsito na BR-101

> Eficácia da fiscalização é a opção de Moisés no combate à pandemia em SC

> Veja como receber as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas