nsc
nsc

Em debate

Juízes do trabalho tentam manter benefícios que extrapolam o teto

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
05/08/2021 - 13h33
A juíza Patrícia Sant’Anna, diretora de Comunicação da Anamatra e presidente da Amatra 12, visitou os senadores Dário Berger (MDB) e Esperidião Amin (PP
A juíza Patrícia Sant’Anna, diretora de Comunicação da Anamatra e presidente da Amatra 12, visitou os senadores Dário Berger (MDB) e Esperidião Amin (PP (Foto: Divulgação)

Juízes do trabalho tentam convencer os senadores de Santa Catarina para que não considerem seus benefícios como extrateto ao limite que pode ser pago ao funcionalismo no país. Representantes da diretoria da Associação dos Magistrados do Trabalho estiveram nesta semana nos gabinetes dos senadores Esperidião Amin (PP) e Dario Berger (MDB). Eles querem que a ajuda de custo, cálculo de férias, auxílio funeral, diárias e gastos com mudança e transporte não sejam considerados extrateto salarial. Na prática, o desejo dos magistrados, se confirmado, garante que os vencimentos mensais totais possam ultrapassar o teto salarial.

> Receba as principais informações de Santa Catarina pelo WhatsApp

Em julho, os deputados estaduais aprovaram projeto de lei (PL) que regulamenta os chamados "supersalários" no serviço público, que extrapolam o teto do funcionalismo, estabelecido atualmente em R$ 39.293,32.

> Veja o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos

Mas, ao contrário do que foi dito por muitos parlamentares nas redes sociais. Os “supersalários” não vão acabar. O texto aprovado na Câmara dos Deputados prevê exceções. O auxílio- moradia, adicional de férias, auxílio-alimentação e indenização pelo uso do carro, por exemplo, ficaram de fora, entre outros benefícios, dos cálculos do teto.

Espera-se, mesmo assim, uma economia entre R$ 3 bilhões e R$ 10 bilhões ao ano com a medida. Como houve mudanças no texto, agora, ele será apreciado pelo Senado.

Leia Mais:

Mutirão de limpeza encontra fogão e pneu no mar de Bombinhas; veja fotos

Terrenos de marinha em SC: a busca pela segurança jurídica

Edital de concessão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú é suspenso pelo TCE

Almoço entre secretário de Moisés com Pinho Moreira tem eleições 2022 no cardápio

Mulheres que atuam no mercado imobiliário em SC são vítimas de assédio sexual e moral, aponta Creci

Impasse na reforma da previdência em SC é reflexo de decisão política do governo federal

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas