nsc
nsc

Preocupação

Lockdown de 14 dias em SC leva o setor de gastronomia ao colapso, diz Abrasel

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
18/03/2021 - 05h08 - Atualizada em: 18/03/2021 - 18h50
Bares e restaurantes enfrentam dificuldades durante a pandemia
Bares e restaurantes enfrentam dificuldades durante a pandemia (Foto: Salmo Duarte, AN)

Uma paralisação de 14 dias das atividades não essenciais em Santa Catarina levaria bares e restaurantes ao colapso. “Um lockdown nos levaria ao colapso, não apenas para o setor de gastronomia mas para outros setores também”, afirmou o presidente da Associação dos Bares e Restaurantes (Abrasel-SC), Raphael Dabdab, ao programa CBN Total desta quarta-feira (17), na Rádio CBN. Desde o início da pandemia, em março de 2020, 40% dos bares e restaurantes fecharam as portas em Santa Catarina.

> Escola de Florianópolis esconde 20 crianças no banheiro para fugir de fiscalização

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Questionado se não é possível garantir a viabilidade das empresas com o sistema delivery , ele aponta que a conta não fecha.“O volume de vendas não compensa a perda que se tem com a venda presencial. No delivery o custo operacional é maior, a plataforma fica com 20% ou até 30% do valor da venda e há mais 3% do custo da embalagem. O valor líquido é menos da metade do que deixaria no presencial, explica.

> Painel do Coronavírus: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

Na terça-feira (16), o secretário da Fazenda (SC) Paulo Eli afirmou ao programa SC Connection que não há razão para ajudar o trabalhador com algum tipo de auxílio emergencial. O representante do governo falou que o Estado vive o pleno emprego e que “importamos trabalhadores do Rio Grande do Sul, Paraná, Haiti e Venezuela”.

> Mulher de 36 anos morre de Covid-19 semanas depois de dar à luz em SC

> Fila de espera por UTIs em SC cresce 63% em duas semanas

“A frase dele está desconectada da realidade. O setor de entretenimento está com 80% a menos de funcionários desde o ano passado e o setor de turismo está agonizando”, finaliza.

Acompanhe a entrevista:

Leia também

> Acompanhe dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

Florianópolis volta atrás e permite permanência em praias até as 18h

SC recebe 147,4 mil doses de CoronaVac nesta quarta, maior lote em dois meses de vacinação

Ministério da Saúde anuncia mais 138 milhões de vacinas da Pfizer e da Janssen

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas