nsc
santa

Luto

Mulher de 36 anos morre de Covid-19 semanas depois de dar à luz em SC

Sheila morreu em Blumenau, mas sepultamento ocorreu na cidade onde nasceu, Indaial

18/03/2021 - 17h18 - Atualizada em: 18/03/2021 - 18h39

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Por Giulia Machado
Sheila morava em Joinville, mas estava em Indaial quando os sintomas surgiram
Sheila morava em Joinville, mas estava em Indaial com a família quando os sintomas surgiram
(Foto: )

O coronavírus abreviou mais uma jovem vida catarinense nesta semana. Sheila Daiane Silveira Moreno, 36 anos, morreu em Blumenau, no Vale do Itajaí, nesta terça-feira (16), quase um mês depois de dar à luz na cidade vizinha, em Indaial.

> Escola de SC esconde 20 crianças no banheiro para fugir de fiscalização

> Receba todas as notícias do Vale do Itajaí no seu WhatsApp. Clique aqui para entrar no grupo do Santa.

Abalado, o marido da indaialense, Ivan Moreno, não conseguiu falar sobre o assunto. Contou apenas que morava com a esposa em Joinville, no Norte do Estado, mas que a família dela continua vivendo em Indaial, onde Sheila teve a bebê, no Hospital Beatriz Ramos.

> Painel do Coronavírus: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

> Fila de espera por UTIs em SC cresce 63% em duas semanas

Sheila chegou a ir para casa depois do parto, no final de fevereiro, mas o agravamento dos sintomas a levou ao Hospital Santa Catarina, em Blumenau. Ela faleceu na unidade. O corpo foi enterrado no Cemitério Municipal de Indaial nesta quarta-feira (17) e como o período de contaminação já havia passado foi possível fazer um velório aos mais próximos.

> Restrições nos fins de semana devem ser reduzidas, diz governador de SC

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Nas redes sociais, familiares e amigos deixaram mensagens de carinho aos pais da mulher. “Eu nem sei o que falar, saiba que nós estamos sentindo muito a perda... é inacreditável. Ela hoje é uma linda estrela”, escreveram.

> Lockdown de 14 dias em SC leva o setor de gastronomia ao colapso, diz Abrasel

> Com 1.609 mortes em 17 dias em SC, março é o mês com mais óbitos na pandemia

Coronavírus em SC

Sheila foi uma dos 1.609 catarinenses que perderam a vida por conta da Covid-19 entre o dia 1º e esta quarta-feira. Com isso, em apenas 17 dias, março se tornou o mês com o maior número de óbitos em toda a pandemia. Na outra ponta, centenas de pessoas lutam para sobreviver na fila de espera por leitos de UTI.

Uma reunião do Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes) na noite desta quinta-feira (18) deve definir novas medidas para o enfrentamento da situação. Lockdown, porém, está descartado.

Leia também

> Opinião: O que esperar da reunião do Coes sobre lockdown em SC

> Acompanhe dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

> Vídeo: animação mostra a evolução por Estado dos casos de coronavírus em 1 ano de pandemia

> "Ele era tudo pra mim", desabafa filho de homem que morreu atropelado por carro da PM em Joinville

Assista abaixo à animação que mostra o crescimento diário de casos de coronavírus em cada Estado do país desde o início da pandemia de covid-19:

Colunistas