nsc
nsc

Opinião

Manual de obras públicas aprovado em SC é mal necessário onde impera o desleixo

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
10/10/2021 - 06h16 - Atualizada em: 10/10/2021 - 06h46
Manual de obras em SC
Manual de obras em SC (Foto: Patrick Rodrigues)

Na inauguração da Ponte Hercílio Luz, na Florianópolis de 1926, a construtora American Bridge Company entregou um manual de manutenção e conservação da estrutura de ferro. O documento foi solenemente ignorado, como de praxe, em se tratando do comportamento médio na gestão pública brasileira.

> Quem é a catarinense que vai falar no último dia da CPI da Covid

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O resultado nós já sabemos: o maior cartão postal de Santa Catarina entrou em colapso e a velha senhora ficou interditada por 30 anos. Foi necessária uma reforma milionária para recuperar e devolver a segurança e funcionalidade a essa obra monumental.

O professor aposentado do curso de engenharia civil, Roberto Oliveira, já lembrava, desde os tempos dos grandes debates da cidade no Conversas Cruzadas, na TV COM, o quanto a falta de manutenção é prejudicial. O engenheiro explicou, didaticamente, que há um cálculo na engenharia que aponta a relação tempo x investimento. Quanto mais tempo se deixa uma estrutura sem os cuidados necessários, mais caro fica depois para recuperá-lo.

Do ponto de vista de gestão, é evidente que a manutenção das obras públicas deveria ser a essência do trabalho do político eleito, principalmente se levarmos em consideração os princípios da administração pública: legalidade, moralidade administrativa, impessoalidade, publicidade e, principalmente, a eficiência.

Mas a lógica do político é diferente, ainda mais quando temos uma sociedade que pouco fiscaliza e cobra. E, para piorar, há o instituto da reeleição.

Político gosta de cortar fita para inaugurar obra nova e de colocar o seu nome na placa.

Além disso, de forma menos republicana ainda, muitas vezes ao desonesto chegar ao colapso de uma obra lhe interessa, pois nestes casos, devido à urgência da obra, dispensa-se a licitação e pode-se contratar mais livremente e com controle menor.

> Michel Temer surpreende família de SC que parou motorhome em frente à casa dele

> Draga do alargamento em Balneário Camboriú vai gastar fortuna para reabastecer no PR

Chega em boa hora, portanto, a lei aprovada na última semana, após a derrubada do veto do governador Carlos Moisés, e que foi proposta pela CPI da Ponte Hercílio no relatório do deputado Bruno Souza (Novo). O texto estabelece que toda nova obra pública precisa ter manual de manutenção com dados sobre utilização, conservação, segurança da obra, materiais utilizados, periodicidade de vistoria e rotinas periódicas. A lei também estabelece que novas contratações serão proibidas sem que se faça manutenção de todas as estruturas públicas que tenham manual.

Carlos Moisés vetou o texto com a argumentação da Procuradoria-Geral do Estado de que legislar sobre lei de licitações é prerrogativa da União. De qualquer forma, a discussão é válida pois dá luz a um problema real.

Justiça seja feita ao governo estadual que colocou em prática a restauração da ponte Hercílio Luz e a recuperação das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles.

O secretário de Infraestrutura (SC) Thiago Vieira pondera, entretanto, que somente as obras mais complexas deveriam receber um manual deste tipo, e que a maioria das obras é mais simples.

Leia também

Boate é interditada por vender bebidas adulteradas na Grande Florianópolis

Unimed Grande Florianópolis defende prescrição de remédios com respaldo científico

Aterro da Baía Sul em Florianópolis será vendido

Prefeitura de Florianópolis quer mudanças no Plano Diretor ainda em 2021; saiba quais

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas