As 200 moradias populares que serão construídas em São José terão como vizinho o Horto Florestal, uma trilha ecológica com cerca de 1,6 mil metros, com açude e viveiro, mais de 40 mil mudas de espécies nativas da Mata Atlântica. 

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A área do terreno que vai abrigar todas as unidades tem 315 mil metros quadrados, no bairro Forquilhas.

São José foi uma das 11 cidades catarinenses contempladas com imóveis do programa do Governo Federal, Minha Casa, Minha Vida (MCMV), referente a faixa 1 do programa habitacional do Ministério das Cidades, que beneficiará famílias com renda mensal de até dois salários mínimos, conforme informou o colega Ânderson Silva. A cidade da grande Florianópolis ficou atrás apenas de Joinville, a maior cidade do Estado, contemplada com 216 casas populares. 

Veja abaixo as cidades que teão imóveis do MCMV, e o número de apartamentos:

Continua depois da publicidade

A articulação dos josefenses começou em março, quando o vice-prefeito Michel Schlemper esteve em Brasília e inscreveu o município no programa habitacional do Ministério das Cidades a pedido do prefeito Orvino Coelho de Ávila. O Deputado Federal Carlos Chiodini atuou como interlocutor em Brasília durante a análise, apoiando o programa de São José.

Leia Mais:

A família que lidera o mercado de hortifruti na Grande Florianópolis

Campeões de empregos em SC terão revisão de incentivo fiscal

Fiscalização de esgoto perde força e Floripa tem alto risco de vexame no verão

Destaques do NSC Total