nsc
nsc

Empregos

Redução de salário e jornada pode atingir 1,58 milhão de trabalhadores em SC

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
28/04/2021 - 05h00
Redução de salário e jornada
Redução de salário e jornada (Foto: Salmo Duarte, arquivo NSC)

A assinatura das Medidas Provisórias (MPs) que permitem, novamente, a redução de jornada e salário e suspensão do contrato, podem atingir até 1,58 milhão de trabalhadores em Santa Catarina. Esse é o número de pessoas com carteira assinada no setor privado catarinense. São 87,9% dos trabalhadores no estado, o maior percentual entre as unidades da federação. Os dados são do PNAD Contínua do IBGE do 4° trimestre de 2020.

> Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

> Veja dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

Para reduzir a jornada e o salário em 25%, 50% ou 75%, o empregador terá que negociar com os funcionários ou com o sindicato. Vale o mesmo para a suspensão temporária do contrato de trabalho. A medida poderá durar até quatro meses. O trabalhador terá estabilidade no emprego sobre o dobro do período de redução de contrato e jornada neste período. Por exemplo, se as reduções ocorrerem por três meses, ele ganha estabilidade de seis meses.

"A reedição do Programa Emergencial de Emprego e Renda com objetivo de trazer um novo fôlego as empresas, terá como medida prática e imediata no caixa das empresas apenas a suspensão do recolhimento do FGTS, para aos meses de abril a julho. Já a suspensão de salário e redução de jornada, com novo prazo de 120 dias, garantindo estabilidade por igual período, será novamente ponto de conflito e dúvidas, e depende de acordo individual entre o empregado e empregador", explica Lethícia Ferreira, advofada trabalhista.

O Ministério da Economia anunciou que as mudanças vão destinar nos próximos dias R$ 10 bilhões para o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm) e mais até R$ 5 bilhões para o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

Leia Mais:

Florianópolis, Itapoá e Barra Velha suspendem vacinação com Coronavac após zerar estoque

Venda da Hering marca o fim de uma era para Blumenau

Homem que se negou a usar máscara em shopping de Balneário Camboriú perde ação em que pedia indenização

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas