O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Santa Catarina (Abrasel), Raphael Dabdab, criticou os estabelecimentos que estão funcionando como balada sem permissão

Continua depois da publicidade

— Nós somos legalistas — explicou ao programa CBN Total desta segunda-feira (28).

As casas noturnas são proibidas na faixa de classificação gravíssima, conforme o mapa de risco do coronavírus. Atualmente, todas as 16 regiões catarinenses estão nessa condição.

> Balada é interditada após novo flagrante de aglomeração na Praia Brava

Estabelecimentos classificados como bares e restaurantes estão funcionando como balada para driblar a fiscalização. 

Continua depois da publicidade

Há registros desde o feriado de Natal na Praia Brava, em Itajaí, e nos beach clubs de Jurerê Internacional, em Florianópolis.

— O desrespeito à lei provoca concorrência desleal. Estamos cobrando fiscalização efetiva das autoridades. Nós temos que exigir respeito aos protocolos. Entretanto, a responsabilidade é compartilhada. O cliente também precisa respeitar e está sujeito a multa se for o caso — conclui.

> Evandro de Assis: Santa Catarina inaugura o verão da calamidade pública

Confira entrevista com o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Santa Catarina (Abrasel), Raphael Dabdab:

Leia mais:

Continua depois da publicidade

Ânderson Silva: SC demonstra erros e falta de convicção no combate à pandemia

SC tem 2 mil ocorrências de desrespeito às regras contra Covid-19 em três dias

Destaques do NSC Total