nsc
nsc

Pediatria

Com sobrecarga, Hospital Infantil de Joinville faz “cobrança” às redes municipais

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
11/05/2022 - 15h09
Hospital Infantil de Joinville está enfrentando sobrecarga no atendimento
Hospital Infantil de Joinville está enfrentando sobrecarga no atendimento (Foto: Divulgação)

O Hospital Infantil de Joinville está vinculando a sobrecarga na instituição, o que tem provocado maior tempo de espera, à necessidade de mais atendimentos na rede municipal. “O Hospital Infantil deveria estar atendendo média e alta complexidade apenas. No entanto, cerca de 50 a 60% dos atendimentos do nosso pronto-socorro são de baixa complexidade, ou seja, estamos com sobrecarga nos atendimentos devido ao não funcionamento correto das portas de acesso da rede municipal”, alegou a direção do hospital, em resposta a questionamentos do “Jornal da Almoço”, da NSC TV. A prefeitura de Joinville também se manifestou sobre o atendimento pediátrico.

> SC tem apenas 2 leitos de UTI pediátrica livres; vagas estão em apenas uma cidade

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Nas respostas, o Infantil, hospital estadual administrado por organização social, negou estar enfrentando déficit de profissionais. “Não faltam profissionais, não temos absenteísmo de médicos e a estrutura está no limite da capacidade instalada. Faltam outras portas de atendimento para demandas de baixa complexidade nos municípios”, afirmou a instituição, indicando também trabalho de orientação à população para a procura da “porta certa” para cada modalidade de atendimento.

Ao responder à pergunta se haveria necessidade de ampliação da capacidade, o Infantil respondeu que não há necessidade de mais hospitais e sim de mais atendimentos pediátricos em unidades de pronto-atendimento e postos de saúde.

Em nota à NSC TV, também solicitada pelo “Jornal do Almoço”, a prefeitura de Joinville alegou que o atendimento na pediatria teve aumento de 60% nos últimos dois meses. Também foi apontado que a maioria dos casos de procura no Infantil e UPAs poderiam ser solucionados nos postos da Saúde da Família.

A prefeitura informou ainda ter convocado 85 médicos aprovados em concurso público, sendo que 65 estão trabalhando e os demais estão em fase de contratação. Há também processo seletivo para contratação de temporários para a saúde. A orientação da Secretaria de Saúde é para que atendimentos que não sejam de urgência e emergência sejam buscados nos postos de saúde.

> Entidade de Joinville reage ao veto da prefeitura sobre regras para calçadas

> Projeto na Câmara de Joinville quer quadruplicar efetivo de guardas municipais

> Com Antídio, MDB de Joinville faz homenagem a Luiz Henrique

> Câmara de Joinville defende estudo sobre adoção de OS em hospital

> Joinville ganhou 20 eleitores por dia, em média, desde o final de 2018

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas